Coca-Cola e Nestlé adquiriram propriedade privada da maior reserva de água da América do Sul.

Já falei das privatizações das reservas da água no Brasil:

https://sandcarioca.wordpress.com/2017/06/14/a-crise-global-da-agua/

https://sandcarioca.wordpress.com/2017/08/24/os-novos-donos-da-agua-os-mega-bancos-de-wall-street-estao-comprando-a-agua-do-mundo/

https://sandcarioca.wordpress.com/2016/09/14/temer-quer-privatizar-a-agua-do-povo-brasileiro-aquifero-guarani-e-amazonas/

agora vamos atualizar o que está acontecendo com a enorme reserva de água brasileira.

Empresas privadas como a Coca-Cola e a Nestlé estão prestes a adquirir a propriedade privada da maior reserva de água, conhecida como aquífero Guarani, na América do Sul. O aquífero está localizado sob a superfície do Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai e é o segundo maior sistema aquífero conhecido do mundo.

Relatados pelo  Correio do Brasil,  os principais conglomerados transnacionais estão “avançando” com suas negociações para privatizar o sistema aquífero. As reuniões já foram reservadas com as autoridades do governo brasileiro de Temer para delinear os procedimentos necessários para que as empresas privadas explorem as fontes de água. Os contratos de concessão durarão mais de 100 anos.

A primeira conversa pública sobre esse dilema foi agendada no mesmo dia em que foi aberto o processo de votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff . Como o  Centro Politico relata,

” Esta coincidência foi fatal para a suspensão da reunião”.

“Deve haver outra lista de projetos a serem concedidos ou privatizados no médio prazo, com leilões que podem ocorrer em até um ano, como distribuidores de energia elétrica e fontes de água doce,” 

Esta questão se estende além da América do Sul. A humanidade será afetada pela decisão de privatizar o segundo maior sistema aquífero do mundo. Essencialmente, as corporações estão lucrando com um recurso natural que deve ser livremente disponível para todos.

No âmbito do Projeto de Proteção Ambiental e Desenvolvimento Sustentável do Projeto Aquifer de Guarani, conhecido como Projeto Aquífero Guarani da ANA (SAG), o aquífero seria gerenciado e preservado para as gerações presentes e futuras. Após a vitória dos conservadores na Argentina e o golpe de Estado, pressionado pelo ultra direito no Paraguai e no Brasil, apenas o Uruguai foi autorizado a votar sobre a privatização do aquífero.

Aproximadamente dois terços (1,2 milhões de km²) da reserva estão localizados em território brasileiro, especificamente nos estados de Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. As futuras gerações sofrerão, finalmente, se este acordo for realizado, e é por isso que as organizações de direitos humanos em todo o mundo estão se envolvendo.

“A sociedade civil organizada está em alerta para possíveis estratégias de privatização de grupos econômicos transnacionais. Desde 2003, a Organização dos Estados Americanos (OEA) e o Banco Mundial, através do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF), implementaram o projeto de Proteção Ambiental e Desenvolvimento Sustentável para reunir e desenvolver pesquisas sobre o Aquífero Guarani, com o objetivo de implementar uma modelo institucional, jurídico e técnico comum para os países do MERCOSUL “,  diz um documento da Organização dos Direitos Humanos Terra de Direitos.

A realização do 8º Fórum Mundial da Água em Brasília, em março, faz parte da mesma agenda: a consolidação de acordos entre o governo brasileiro e empresas com vistas à privatização da água no Brasil. A opinião é do  geólogo e professor emérito da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Luiz Fernando Scheibe.

Nada mudará se mantivermos ociosos e ver corporações gananciosas explorar o meio ambiente e arrebatar recursos preciosos das gerações presentes e futuras. Encaminhe este artigo.

http://www.redebrasilatual.com.br/ambiente/2018/01/para-especialista-da-ufsc-privatizacao-da-agua-no-brasil-esta-mais-presente-na-agenda-de-temer

https://www.correiodobrasil.com.br/temer-encontra-presidente-nestle-negocia-venda-aquifero-guarani/

https://jornalggn.com.br/noticia/forum-economico-mundial-temer-entrega-o-jogo-e-a-agua-por-franklin-frederick

http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,temer-doria-e-meirelles-vao-a-davos-vender-um-novo-brasil,70002152647

SAND-RIO

8 Comments

  1. Luiz Alberto Lomando
    Posted 1 março 2018 at 6:17 PM | Permalink

    Será que não tem nada de positivo nesse negócio. Quando todos se posicionam contra alguma medida ou idéia, já fico desconfiado! Por não ser privada a Petrobrás foi saqueada no governo petista. Eu confio mais na iniciativa privada do que nos governos corruptos que só servem de cabide de emprego aos parasitas da Nação.

  2. Edu
    Posted 1 março 2018 at 9:28 PM | Permalink

    Malditos canalhas traidores!

  3. Antonio Muniz Gomes
    Posted 1 março 2018 at 10:17 PM | Permalink

    Esses países estão a venda, governantes safados.

  4. joao silva
    Posted 2 março 2018 at 8:37 AM | Permalink

    Viva

    Os recursos naturais não podem ficar exclusivamente privados. Sou conservador e acho que tudo público e estatal não é a solução … há bons exemplos públicos e privados depende das pessoas individualmente e das organizações . Na base tem de estar um indivíduo realmente nobre .
    Quanto à questão a água precisa de investimentos muito grandes , os aquíferos não são eternos e com a destruição das florestas tropicais a situação agravou se substancialmente . É FUNDAMENTAL UM MECANISMO DE CONTROLE CONTINENTAL e INTERCONTINENTAL ou GLOBAL com poderes de intervenção e a parte pública terá de ter primazia .
    Já temos água de empresas privadas concessionárias que investem para aumentar a fonte produtiva , tudo privado não é a solução como tudo público pode trazer uma degradação cada vez mais profunda .
    A solução tem de estar no equilíbrio com pessoas capazes de não destruirem o património e pessoas ótimas para intervir se for necessário .
    Cumprimentos

  5. Inbert
    Posted 2 março 2018 at 11:13 AM | Permalink

    Com o barateamento da energia solar, e com as novas tecnologias usadas na dessalinização, a água não vai ser mais problema.

    O custo maior vai ser o transporte. E a extração , também tem custo.

    Eu penso que o maior problema é a compra de terras pelos estrangeiros, isso sim.

  6. LUCIANO
    Posted 2 março 2018 at 1:06 PM | Permalink

    POR ISSO QUE EU DIGO: PRESTE ATENÇÃO NO VICE NA HORA DE VOTAR, PRA DEPOIS NÃO FICAR DE MIMIMI.

    DILMA RASGOU ELOGIOS AO TEMER, FAZENDO O POVO VOTAR NELES. AGORA ESTAMOS COLHENDO O QUE ESSA CHAPA PLANTOU!

    BOLSONARO NELES!

  7. Guilherme
    Posted 2 março 2018 at 11:21 PM | Permalink

    Que importância tem isso? A quantidade de água no planeta é sempre a mesma, e os depósitos e as nascentes mudam de lugar conforme as placas se movem.

  8. Antonio Muniz Gomes
    Posted 2 março 2018 at 11:25 PM | Permalink

    Tempestade de neve e vento põe costa leste dos EUA em alerta… – O aviso foi dada, pelo Serviço Nacional de Meteorologia de Boston, levem a tempestade a sério, a situação é de vida ou morte, em apenas um dia a pressão atmosférica caiu a nível mais baixos, ventos acima de 100 km, e uma nevasca muito forte e frio vai se abater sobre a costa leste. Sand uma boa matéria para seu site


Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: