O Yellowstone está começando a ser assustador

Falei algumas vezes do supervulcão Yellowstone nos Estados Unidos:

https://sandcarioca.wordpress.com/2014/04/21/yellowstone-belo-e-terrivel/

https://sandcarioca.wordpress.com/2011/05/17/super-vulcao-de-yellowstone-e-maior-do-que-se-pensava/

mas agora o supervulcão inicia a fazer medo entre os especialistas.

yellowstone-map-01

Em junho, a área do vulcão de Yellowstone, ou seja, no mesmo parque, que abrange toda a caldeira, tem visto um enxame impressionante: mais de 900 sismas em 15 dias, o mais forte  era de 4,5 magnitude.

http://ovnihoje.com/2017/06/17/supervulcao-do-parque-yellowstone/

Nos últimos 15 anos, a área tem visto uma atividade sísmica aumento acentuado.

Este aumento de atividade não se reflete apenas no aumento do número de choques, mas também no aumento dos  fenômenos explosivos dos gêiser presentes no parque (com o fechamento de algumas áreas por razões de segurança), aumentam os fenômenos de ebulição do solo, assim que de ano para ano diferentes trechos de estrada foram fechadas no parque, devido ao calor vindo do subsolo que derreteu a camada de asfalto, em alguns casos, causaram rachaduras na estrada.

http://www.semprequestione.com/2016/04/rio-comeca-entrar-em-ebulicao-proximo.html

https://br.sputniknews.com/ciencia_tecnologia/201706198678894-yellowstone-vulcao-pode-destruir-eua-completamente-foto-erupcao/

Desde 2004 é determinado que a caldeira principal começou a ver uma subida gradual da magna  do manto superior e se está enchendo gradualmente. E é isso precisamente a causa dos terremotos.

O Instituto Nacional de Geofísica dos Estados Unidos argumenta que há uma oportunidade 1 em 700.000 de uma erupção do supervulcão dentro do ano. Isso pode ser reconfortante, mas não muito, já que o mínimo solar ainda está a três anos de acontecer  e que o próximo ciclo, dados em mãos,  pode não iniciar.

Portanto , nos próximos anos, gradualmente, vai aumentar o risco de uma erupção .

A erupção do vulcão, sempre muito poderosa e devastadora, pode ser de intensidade média e alta.

Erupções fortes ocorrem, em média, a cada 650.000 anos, a este dia passaram 640.000 anos mais ou menos. A última explosão (sim, quando a caldeira explode literalmente salta no ar) de intensidade média, houve 70.000 anos atrás, então poderíamos esperar uma erupção média mais ou menos no curto prazo.

Media intensidade que isso significa?

Dentro de um raio de várias centenas de quilómetros da caldeira seria incinerado tudo. O interior dos Estados Unidos seria inundado por 1 a 3 metros (localmente até mais) de cinzas e vários materiais. Melhor seria na extremidade leste e ao longo das costas.

 

No entanto, a grande quantidade de substâncias sulfurosas projetada na atmosfera resultaria em uma mudança climática dramática e rápida nos restantes Estados Americanos, devido a um forte obscurecimento do sol que ao meio-dia, o momento de máxima insolação, pareceria ser ao pôr do sol. O resto do planeta veria uma diminuição de cerca de 4 graus nas temperaturas globais dentro de 1-2 anos depois da erupção, para em seguida retornar para aumentar apos 5- 6 anos, uma vez dissipada na atmosfera as substancias vulcânicas.

Para sublinhar, mais uma vez no mês passado, tivemos um grande número de terremotos em todo o EUA, em particular na zona de falha de Nova Madrid e na Califórnia (falha de San Andreas).

Lembramo-nos como os Estados Unidos, juntamente com todo o continente americano, são as áreas mais sensíveis de alterações do campo magnético da Terra;  e assim junto ao Yellowstone  estão acordando vários vulcões perigosos da América Central e do Sul.

Além disso, foi reconstruído que durante o último colapso do campo magnético da terra e a consequente inversão dos pólos, o mar penetrou a algumas dezenas de quilômetros no interior do continente americano norte e sul; este é também justificada pela descoberta de restos de organismos marinhos em algumas áreas muito remotas do interior do Norte e América do Sul.

O que vai acontecer?

Vamos ver.

O mais provável é que a América será o continente mais afetado por mudanças geo-climáticas nos próximos anos.

https://thoth3126.com.br/yellowstone-erupcao-levaria-a-evacuacao-dos-eua-para-o-brasil/

Esse ultimo artigo poderia explicar muitas coisas que estão acontecendo recentemente na Amazonia e no Brasil…

http://politicaaplicada.com.br/2017/05/05/americanos-invadem-amazonia-para-exercicio-militar-com-o-exercito/

https://oglobo.globo.com/brasil/brasil-assume-de-vez-negociacao-espacial-com-americanos-20811165

Anúncios

3 Comments

  1. Antonio Muniz Gomes
    Posted 6 julho 2017 at 1:19 AM | Permalink

    Hum me lembrou o aviso que esse ano as mudanças climáticas serão drásticas. Aqui mesmo no Ceará diziam que a Catedral de Fortaleza já foi cama de baleia. E há relatos que no Cariri são encontrados fosseis marinhos.

  2. Antonio Muniz Gomes
    Posted 6 julho 2017 at 11:25 PM | Permalink

    Urgente Sand novamente o Yellowstone deu mais um grande susto ontem a noite uma grande terremoto que bateu todos os recordes anteriores, e agora foi para valer um de 5,8° Richter, um ponto acima o que me deixou realmente preocupado, pois houve replicas de 4,5°,4,3° e 3,8° graus depois diversos menores tremores harmônicos, o que é uma anomalia pois foi tão forte que atingiu dois ESTADOS algumas cidades da região. O pessoal ficou apavorado , o governo tenta conter o medo, dizendo que esta tudo sob contrôle.

    • Posted 7 julho 2017 at 12:09 PM | Permalink

      Obrigado Antonio, estou atras da noticia. O susto foi grande, alguma coisa está acontecendo com certeza.


Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: