A pausa da temperatura global continua negando todos os registos mentirosos

Durante alguns anos ouvimos sobre as temperaturas globais mais elevadas de sempre, portanto, pontual  a cada mês, veio a notícia dos EUA do Ente NOAA que  o último mês que passou foi o mais quente de todos os tempos, e como de costume devemos nos esforçar em negar que isso é verdade, acrescentando que a causa não é nas emissões de CO2 produzidas pelas atividades humanas.

No gráfico logo abaixo, é representado com a detecção da temperatura por RSS satélite (Remote Sensing System) desde que eles são iniciados a partir das detecções, nomeadamente desde cerca de 1979 até hoje em dia. Como vocês podem ver, houve dois picos principais que elevaram consideravelmente a temperatura, correspondente aos dois grandes eventos naturais de El Niño em 1998 e 2015.

Mas provando que a temperatura é capaz de ser modificada para um vasto fenômeno natural como El Niño (aquecimento da área central do Pacífico) e não devido ao CO2. Na verdade, as temperaturas, terminado esses dois grandes eventos começaram sua queda vertiginosa, trazendo assim as temperaturas médias ao período exatamente como antes.

Também podemos dizer que a temperatura sate litares, muito  mais precisas e confiáveis em paragão das estações terrestres, isso por várias razões, dizem-nos que a temperatura global agora não está aumentado por duas décadas.

 

O gráfico mostra a evolução das variações da temperatura global (linha vermelha) da baixa troposfera com relevações a 1500 mt. (TLT) da RSS desde dezembro 1978 até março 2017 com   um temporário e leve aumento não significativo da tendencia linear (Linha azul)  desde setembro 1007 até março 2017.  Mesmo com um forte evento El Niño no hemisfério norte no verão 2015 e a temperatura record de frevereiro 2016 desde o inicio das mesurações sate litares, dezembro 1978, não resulta um aquecimento desde setembro 1977 até janeiro 2016 (linha verde trend linear).  A pausa parece que é destinada a prosseguir e a arrefecer com o próximo minimo solar, por mais e mais décadas no futuro. 

Continuarei a monitorar a situação nos anos com a certeza  que ninguém tem a verdade no bolso, mas que estamos provavelmente no caminho certo, estrada quela que nos diz que é a atividade solar que muda o clima e não o CO2.

SAND-RIO

Anúncios

3 Comments

  1. Antonio Muniz Gomes
    Posted 15 abril 2017 at 2:45 PM | Permalink

    Beleza que venha o frio, e que os que pregavam o aquecimento global caiam de vez no esquecimento.

  2. Leandro Leite
    Posted 15 abril 2017 at 9:17 PM | Permalink

    As temperaturas já estão mais frias que o normal na costa do Peru, fim de linha para o El Niño costeiro, que não é o oficial que ocorre no centro do Pacífico, já nessa região parece haver uma bolha fria querendo emergir.

  3. Leandro Leite
    Posted 15 abril 2017 at 9:18 PM | Permalink

    http://enos.cptec.inpe.br/
    http://enos.cptec.inpe.br/


Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: