Quase tudo o calor devido a El Niño é eliminado…

Resultado de imagem para urso polar

Não se pode negar, a temperatura do planeta Terra depende quase totalmente da temperatura dos oceanos.

Entre 2015 e 2016 os oceanos têm aquecido muito e isso por uma série complexa de eventos que agiram simultaneamente, amplificando os efeitos do calor do oceano. Olhando para o cartão das SST (Sea temperatura da superfície), ou  a temperatura absoluta (e não as anomalias que dependem do período de referência climática), ele mostra um certo forte aquecimento do oceano em 2016.

 

SST de 27 de fevereiro de 2015

Original: http://www.ospo.noaa.gov

SST de 27 de fevereiro de 2016

Original: http://www.ospo.noaa.gov

Tem que vê-los bem … porque há muitos pontos de discussão nestes cartões.

Agora que estamos em 2017 e um ano se passou, durante o qual as histórias assustadoras de o mais quente mês / ano de sempre ter seguido com um ritmo implacável … mesmo com vários meses de antecedência dos períodos de tempo que foram referidos (e podemos nos colocar a alma em paz, porque eles já decidiram que o 2017 será o ano mais quente de sempre, mesmo se eles não têm a menor ideia do que poderia acontecer …), vamos ver  a situação atual da SST:

 

SST de 27 de fevereiro de 2017

Original: http://www.ospo.noaa.gov

 

Olhando para as três imagens, o que vocês observam?
Simples… o aquecimento dos oceanos que ocorreu entre 2015 e 2016, desapareceu … e as SST estão de volta aos níveis de 2015. Mesmo no Oceano Pacífico vocês podem perceber um arrefecimento substancial (dos quais temos falado amplamente), que coincide com o início da fase negativa do índice PDO. Veremos em seis meses o que vai acontecer… porque a temperatura dos oceanos é um indicador-chave para a compreensão do clima futuro das regiões do hemisfério norte … Especificamente … se no meio latitudes os oceanos podem  esfriar ainda mais, como se espera que isso aconteça, teremos estações que tendem a ser mais dinâmicos e frescos, e que em algumas áreas pode se tornar ainda frio! Mas os modelos estão indicando a permanência do el Niño nesse 2017 mesmo se muito fraco ou neutro.

Para concluir esta breve intervenção recordo que quando vocês ler (ou ouve) em torno de notícias como “o artico nunca foi tão quente”, pergunte-se se existe uma explicação lógica e científica … antes que vocês acreditam nas noticias malucas dos muitos que atribuem  unicamente TUDO que acontece no clima e no tempo  a emissões antropogênicas de CO2. E não acreditem  nas besteiras sobre a extinção em massa de ursos polares, porque eles nunca foram tantos em 50 anos até agora (… mesmo existem problemas inversos … que  o elevado número dos ursos os coloca em risco, diminuindo a disponibilidades por capita  de alimentos).

SAND-RIO

 

PS: A imagem da capa, que vocês podem ter visto pelo menos uma vez na mídia, foi durante anos usada como prova irrefutável do risco real da extinção do Urso Polar porque  o AGW  está derretendo o gelo. Recordo-vos, porém, que não é uma FOTO, mas uma imagem criada no computador com o software Photosphop e utilizado pelo autor para uma competição de pintura Digital!

Anúncios

Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: