O Mainstream das bolas

Acho que alguém não intendeu o artigo que com certeza precisa de um bom cérebro para as implicações intrínsecas hodiernas e futuras. Vou colocar em vermelho as passagens principais. O artigo é uma declaração do fim da esquerda mundial que agora com o fim dos símbolos internacionais da esquerda ficou só com AGW para contrapor-se ao trio Deus Patria Família. Assim temos AGW vs Deus Patria e Família, luta impar e por isso a esquerda mundial está em declínio em qualquer lugar. O sinal do fim definitivo da esquerda salva-mundista poderia ser a vitoria de Trump nos E.U….. Não sou naturalmente um fan de Trump mas entre os dois acho ele melhor da H. Clinton. Com a Clinton seria muito mais provável uma guerra termonuclear entre E.U. VS.  Russia- China que com Trump que seria muito mais ‘nacionalista’ e menos agressivo contro as outras super potencias nucleares. No fim das contas a direita americana quer “só”  expandir os próprios negócios e isso se pode fazer se tem alguém para fazer-lo no outro lado e não um planeta morto por uma guerra nuclear.  

Hoje falo sobre bolas. Dos demônios…. e de filosofia e história. Mesmo sendo eu de esquerda não concordo com a esquerda mundial sobre o AGW. Para mim existe a CIÊNCIA (maiuscolo) e mais, a ciência galileana onde para fazer uma teoria o acusar alguém o alguma coisa temos que ter PROVAS E FATOS… naturalmente em isso são excluídos os PF de Curitiba…. para eles como para os seguidores do AGW basta ter a convicção.

palle1Ok,  também falo sobre o aquecimento global, mas só aquelo antropogênico, então eu gosto de imaginar que este artigo tem pleno direito de viver neste site. De qualquer forma, o artigo foi publicado, e em seguida, ir fora do tópico é um privilégio para o qual eu não pretendo desistir.

É frequente ouvir sobre o aquecimento global na grande imprensa, e muitas outras coisas aparentemente não relacionadas. Aparentemente, no entanto, porque na realidade os megafones do politicamente correto conta a mesma história, embora em diferentes áreas. Aqui, lido hoje para investigar os mecanismos que estão por trás da narrativa convencional: por  que todos  na mídia dizem as mesmas coisas? E porque soam tão artificiais, longe dos problemas reais das pessoas? E por que as soluções propostas aparentemente irrelevantes para estes problemas parecem estar em desacordo com o senso comum?

Gestão Estratégica: Estudar o ambiente!

Os fundamentos de gestão estratégica ensinam que você não pode elaborar para fora uma estratégia sensata, se você não estuda o ambiente em primeiro lugar. No caso do AGW (Antropogenic Global Warming) identificarei, como regulamento, um ambiente interno : que se refere, por exemplo, o conteúdo dos artigos publicados em revistas científicas; um ambiente competitivo em que por exemplo, se inclui a corrida para agarrar os milionários financiamentos para a investigação científica com um senso único aquelo que pretende divulgar a falsa noticia do AGW; um ambiente externo , que é tudo o que gira em torno dos dois ambientes mencionados anteriormente e que, em última análise, o influenciam de forma determinante.

Quando penso ao AGW vem à mente a imagem de uma esfera de vidro preenchidos de criaturas mais ou menos conhecidas e regulamentada pela dinâmica sempre igual a si mesmos. As partes interessadas são os habituais, ou seja, aqueles já identificados como: cientistas-especialistas, megafones jornalísticos, juízes politizados, todos juntos subservientes à causa. Mas se tentarmos olhar para fora da bola do AGW, percebemos que isso é parte de um ambiente externo : um universo maior, mais complexo e composto, por sua vez, de outras bolas, tudo arrastado por uma causa comum, um leitmotiv que flui incessantemente, porque, essencialmente, sem contestação.

É um único fluxo, uma corrente de pensamento … O Mainstream. O Mainstream  das bolas.

O Big Bang

Como nosso universo, até mesmo o mainstream das bolas  nasce com um big bang, que para mim pode coincidir com a queda do Muro de Berlim. É 1989, quando o Muro caiu, junto com a Cortina de Ferro. Este é o início de uma nova era. Talvez não seja coincidência que, no final dos anos 80 inicia a teoria do AGW. Ou talvez não. Certamente, em 1989, Margaret Thatcher deu um famoso discurso sobre as alterações climáticas, e as Nações Unidas, no mesmo ano alertam que nações inteiras serão eliminadas em 2000 devido ao AGW ( Dailycaller.com de 2015 ). Então, nós estamos provavelmente todos mortos e não sabemos, como os protagonistas de The Others.

 

os-outros

O fato é que os protagonistas da época, o chefe da ONU, declarou todos nós morreríamos ” a menos que….”. Isto é, talvez, o AGW nasce com a queda do Muro de Berlim e, com a descoberta da fórmula mágica ” , todos morrem, a menos que… . “ Uma descoberta política, e bipartidária. Se Thatcher, o ícone conservador, implicava ” a não ser que fechamos as minas de carvão “, logo após o cetro do salva-mundismo iria passar para as mãos da esquerda mundial que, sendo forçada a mudar a pele, como resultado da Glasnost, descobriu com suo grande alívio que o salva-mundismo poderia preencher o vazio deixado pela queda dos ídolos comunistas. Ele precisava de algo para definir contra os redutos da direita: o tríptico Deus-Pátria-Família que sobreviveu sem muitas preocupações a Guerra Fria.

O resto é história, com os americanos liberais que se tornam como única baliza da corrente principal a partir do qual você pode ser arrastado, com o entusiasmo do náufrago resgatado das águas, a esquerda  do meio mundo, iniciando pela esquerda Europeia. Órfãos, ainda mais do que outros, das ideais caidas com a queda do Muro de Berlin.

 

O ponto de viragem final é o  Prémio Nobel  concedido pela Real Academia Sueca de Ciências ao Sg. Al Gore (e ao IPCC) em 2007 por seu compromisso ambiental, salva-mundista e anti-serrista resultado no polêmico documentário ” Uma Verdade Inconveniente “. Al Gore não é qualquer um: é o  vice-presidente de Bill Clinton, e no mesmo modo, o grande perdedor da corrida presidencial de 2001, vencida por Bush. Perdeu a eleição e se mudou como campeão do meio ambiente, Gore se tornou o progenitor da próxima geração de liberais americanos dos democratas dedicados à causa salva-mundista em oposição à suposta ganância republicana, toda  armas e petróleo. É o início de um confronto político todo-americano, que continua até hoje, pelo calor branco. Que de política trata-se, e nada mais.

O antropocentrismo (e salvar o mundo)

Se a lei da gravidade determina o fluxo dos rios no nosso planeta, é o ” antropocentrismo a verdadeira força motriz das bolas Mainstream . PARA A ESQUERDA SALVA-MUNDISTA O homem está no centro de tudo, principalmente para o pior:

  • O homem polui
  • O homem assa o planeta
  • O homem eleva o nível do mar
  • O homem causa ciclones e desertificação
  • O homem arruinou o patrimônio da UNESCO
  • O homem ameaça as espécies animais
  • O homem oprime as minorias
  • O  homem  sêmea as guerras…

E assim por diante.

O antropocentrismo é fundamental por uma razão simples: se um problema é causado pelo homem, em seguida, os outros homens (e mulheres) serão capaz de enfrentá-lo e resolvê-lo. Isto assim é  simplesmente votar no partido certo: aquele que resolve os problemas. Sempre politica é….

O jogo  é claro, mas perigoso . Porque é reconhecido apenas a um  partido político salvar o mundo (O unico partido seria a esquerda) , e outro partido para ser causador das ruínas, então é a própria democracia que está em perigo, em sua manifestação mais elevada: o sufrágio universal. Não é coincidência que os campeões do mainstream (inter) nacionais foram uma fúria depois do Brexit, de fato questionando a oportunidade que as pessoas são chamadas a expressar-se através do voto.
Mas o pico mais alto é atingido por um artigo, através da boca de um filósofo Inglês “liberal”, que diz que seria apropriado para votar apenas os educados e para os ignorantes seria melhor manter-se   longe das urnas. Não por acaso que a direita ultraconservadora brasileira quer o mesmo. Porque isso teria evitado o Brexit, talvez.

 

Saturno

Esperando para passar no exame de conhecimentos gerais que amanhã vai escancarar as portas das urnas, a verdade é que o antropocentrismo salva-mundista ameaça devorar seus próprios filhoscomo Saturno , chegando a propor o apartheid na base cultural, com anexado privação de direitos democráticos até ontem considerados fundamentais. Isso não deveria ser surpreendente, porque entre salva-mundismo e o niilismo é um pequeno passo, e uma linha fina.

 

O niilismo antropocêntrico

Tentando resumir, o mainstream quer que o homem é a causa de todos os males: o mundo é uma merda por causa do homem, mas podemos  poupar-lhe mais tempo para ficar nas mãos dos Iluminatis, e salvar o mundo. Por exemplo, por votação. Porque eles sabem o que é melhor para nós, tem o Sol em seu bolso e vai nos salvar. Porque o sistema atual de valores deve ser rejeitado e substituído por algo novo, melhor.

Isso não é particularmente um novo conceito. Basicamente, é o niilismo puro e simples. Niilismo nietzschiano do Super-homem que na política nunca trouxe frutos  particularmente saborosos. Um niilismo que alimenta mais ou menos falsos  ou irrelevantes problemas, mas apresenta-se como atraente e dramático. É resolvido, graças à intervenção dos melhores…. eles. O que quero dizer é que a esquerda mundial aproprio-se das ideias de Nietsche para defender a ideologia do AGW. 

Mas uma vez que as soluções para os presumíveis problemas, muitas vezes tem resultado no agravamento dos mesmos, ou na criação de novos problemas reais, a necessidade de resolver a dissonância cognitiva inevitável e sem fim leva-se à utilização de imperativos categóricos, não ainda caveis e por isso dogmáticos. E quem não concorda com isso é um negador do Holocausto . E pena que não existe (ainda) uma pira em que se queime ou se garrote na praça pública os heréticos do AGW para desencorajar qualquer imitador.

Mas como age  o neo-niilismo do Mainstream das bolas ? Através de uma série de negações, dogmas, imperativos, as piores ameaças e soluções piores dos supostos males  porque sofrem de dissonância cognitiva insolúvel. O Nihilismo salva- mundista antropocêntrico age como um troll, todos aqueles que não apoiam as mias ideias sobre o AGW são inimigos de matar pouco importa se como um troll estou publicizando  só noticias falsas graças a internet onde as noticias sem fundamento mas apocaliptistas são as mais letas . 

Alguns exemplos:

  • O mundo é uma porcaria porque é muito quente . Ergo você não deve consumir o óleo, porque aumenta o aquecimento global. Se você não fizer o que dizemos, será o fim. Claro, você vai pagar a eletricidade duas vezes mais cara, você terá que ficar sem o carro (a menos que você tem dinheiro suficiente para comprar um híbrido), sua indústria vai perder em competitividade, provavelmente você vai permanecer desempregado, mas você ainda vai ser feliz, você está sereno. Você não acredita em nós (da esquerda)? Você é nojento, você é um negador do Holocausto, você é uma pessoa  que quer destruir o mundo.
  • O mundo é uma merda por causa das religiões. Estamos  pela liberdade religiosa. Mas temos que esconder todos os símbolos religiosos, por que aqueles que professam uma religião diferente podem ficar ofendidos. Nada símbolos religiosos e nada de  burkinis. E de qualquer maneira, o crente não é melhor do que os outros, porque se eles acreditam ou não acreditam, nada muda, por que o Estado é laico, e depois é suficiente a moralidade comum. Você não concorda? Você é nojento: você é um fundamentalista católico, a pior raça. Propomos por este promulgar uma lei contra a islã-fobia.
  • Ter filhos não é uma coisa necessária e não é apropriado , pois somos muitos, e Malthus estava certo no final. Se você convida as pessoas a fazer  crianças pode ofender aqueles que não o fazem, ou aqueles que não podem ter, porque de outra forma conjugado ou casado. Sim, pode haver um problema demográfico, a longo prazo. Mas podemos resolvê-lo com a imigração. Portanto, promover a mistura genética, o que é justo, porque, basicamente, você é de uma raça condenada  e remendada, especialmente se você não vota em nos…. Você não concorda? Você é nojento: você é egoísta, sexista, homofóbico e racista. Você vai direto  na ” cesta dos déplorables “.

Poderia continuar e continuar, que há milhares  de bolas Mainstream e todos respondem a mesma força motriz: o niilismo antropocêntrico.

Os demônios

Como mencionado, o tema não é particularmente original: basicamente, a história se repete porque a classe dominante no mundo não tem muita imaginação e, acima de tudo, não se alimenta das experiências do passado. No entanto, seria muito pouco: por exemplo, ler The Demons por Fyodor Dostoevsky, o trabalho que tem sido definido como a maior expressão da forma literária do romance do século XIX, enriquecido com diálogos filosóficos perdendo apenas para  Platão.

Um grupo de niilistas, decepcionado e aborrecido com a sociedade em que vivem, propõe a criação de um novo mundo, que subverte o sistema existente de valores, a partir da fé cristã. O problema básico é que ninguém sabe como substituí-lo. A fúria iconoclasta assume a falta de um sistema de valores em oposição aos anteriores. O mundo perfeito cobiçado assume então uma nova realidade de conspirações, manipulações, estupros, assassinatos, suicídios: a descida ao inferno em que o ideal dá lugar ao horror. Um horror vazio , porque não há nada mais assustador do que para descobrir que por trás de qualquer coisa supostamente se esconde nada de verdadeiro no qual não há salvação, nem esperança.

O protagonista do romance, Nikolai Stavróguin, depois de pregar a negação dos valores do seu tempo chega à conclusão trágica que não há nada a opor-se, no vazio de valores. Como as soluções, desde que eles existem, são os piores dos supostos males. Exausto, cancela a sua própria essência do homem, Stavrogin chega à conclusão de que ” de tudo se pode discutir eternamente, mas eu não saio dessa recusa, sem magnanimidade e nenhuma força. Não é emitida na verdade, mesmo a negação “.

É o fruto envenenado do niilismo: o nada que gera nada.

O romance niilista e duro, o jovem engenheiro Aleksjej Kirillov, em seu delírio final, chega à conclusão de que, se Deus não existe, então o homem é Deus. E como para comemorar o triunfo do Homem-Deus, ou Deus-homem? Simples: através do suicídio, por que tirar a própria vida é a expressão máxima do triunfo do homem sobre Deus, um tiro de pistola no cranio, um jato de sangue e miolos espalhados no chão.. Aqui é servido, o triunfo dos salva-mundo. Ou seja o fim da esquerda mundial que se suicida tendo no momento como único “Deus”  o AGW

Estamos rodeados por Kirillov , os inventores de supostos mundos melhores  e sistemas de valores alternativos fundados sobre a negação de remédios anteriores e que imediatamente se revelam ser pior do que os supostos males. Mas com a diferença de que, considerando-se, obviamente, mais inteligentes, os Kirillov de hoje preferem a arma apontando-la para a cabeça dos outros : decremento feliz ,aceitação indiscriminada , sincretismo tolo , perdoar  injustificado , neo-malthusianismo . Aqui eles são servidos, as balas dos novos Kirillov.

Talvez fosse o suficiente para ler mais Dostoiévski nas escolas, para nos poupar um final que parece ser já escrito. No entanto, os nossos políticos, nestes dias, estão trabalhando porque na escola eles ensinam mais sexo, dinheiro, arroz e feijão e samba.

Aqui, talvez, o problema é este: que o final já está escrito. FIM DA ESQUERDA NO MUNDO E VITORIA DOS ILLUMINATI DA DIREITA O DO NOVO GOVERNO MUNDIAL …. DEUS-PÁTRIA FAMILIA

https://pt.wikipedia.org/wiki/Illuminati

kirillov

SAND-RIO

 

9 Comments

  1. Jerson
    Posted 23 setembro 2016 at 12:06 AM | Permalink

    Acabas de perder um leitor assíduo.

    • albertazzi
      Posted 26 setembro 2016 at 2:37 PM | Permalink

      Não perdemos e sim ganhamos a informação de pessoas que AINDA relutam em aceitar a manipulação política no Brasil e no mundo!!!! Devemos refutar o retrocesso sempre! Fique com Deus!

  2. marcelo
    Posted 23 setembro 2016 at 11:02 AM | Permalink

    concordo com a parte dos políticos e a elite estarem manipulando, discordo da sua parte ateia, pois se ler a bíblia vai ver que tudo o que esta acontecendo, com a criação de um império global, marca da besta(chip), alienação(apostasia), um grande acordo mundial, tudo foi previsto. É os homens tentando tomar conta daquilo que o criador criou, tentando ser Deus, sem ser Deus, querendo liberdade ao máximo, ser o governador de tudo, controlando tudo(comunismo) escravizando os pequenos, mas tudo isso dará errado, eles não conseguirão tomar conta do mundo, vai piorar muito as coisas, e só vai ficar melhor quando o Senhor vir tomar o que realmente é seu.

  3. Guilherme
    Posted 24 setembro 2016 at 12:25 AM | Permalink

    E mais: petróleo é ruim. Assim, uns vão de primeira, e depois vão os outros. Uns com petróleo guardado, pro dia que não precisar mais.

  4. Luiz Aba'
    Posted 25 setembro 2016 at 12:22 AM | Permalink

    Falar mal dos garotos de Curitiba é imperdoável,inaceitável,nunca mais entro aqui.
    Fui.

    • albertazzi
      Posted 26 setembro 2016 at 2:35 PM | Permalink

      Não precisamos de pessoas cegas….e sim é pessoas que tem a mente aberta…..fique com Deus e seja feliz ao lado deles.

  5. Fabricio Neves Condé
    Posted 26 setembro 2016 at 12:35 PM | Permalink

    Interessante a visão de alguns aqui. Eles aceitam que tem gente manipulando os dados sobre o clima para faturar um boa grana em cima dos incautos, mas se recusam a aceitar que possam estar fazendo a mesma coisa com a Democracia Brasileira. Abram vossos horizontes.

    • marcelo
      Posted 26 setembro 2016 at 3:09 PM | Permalink

      e tem pessoas que não aceitam que o pt também manipula.

  6. Marco
    Posted 26 setembro 2016 at 5:36 PM | Permalink

    Eu ainda não entendi? Vc defende que o responsável por todos os males que sofremos é o fato de termos substituídos a religião cristã pela filosofia niilista antropocêntrica?


Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: