Forte novo arrefecimento no Oceano Antártico, e as temperaturas globais caindo novamente!

Após o frio de junho, a temporada de inverno no Hemisfério Sul se apresentou substancialmente acima da norma nos  meses de julho e agosto, embora com flutuações.

Mas agora, o mês de setembro começa com um forte arrefecimento do continente antártico, que vai produzir uma caída nas temperaturas globais nos próximos dias.

As temperaturas vão cair no Antártico especialmente ao longo do sul e leste, onde ele irá levar a temperatura a -3,8 ° C abaixo da norma.

3 16 de setembro ANOM2m_mean_antarc

Um declínio similar teremos também na Groenlândia, onde as temperaturas será a mais de 3 ° C abaixo da norma.

Será mais quente na Ásia, Europa e Norte de África, enquanto  vai ser mais frio da norma na América do Sul.

E´por isso que, enquanto o Hemisfério Sul irá apresentar uma anomalia negativa de -0,14 ° C, o Norte permanecerá cerca de 0,9 ° C acima do normal.

A projeção dos dados médios mensais em 10 de setembro põe a temperatura global a + 0385 ° C, cerca de -0.12 ° C a menos na anormalidade dos níveis em Julho e Agosto.

A partir daqui emerge a importância, na “Guia” das temperaturas globais, tanto das fases do ciclo Nino – Nina, que o forte efeito de arrefecimento do continente antártico!

3 16 de setembro ANOM2m_fcstMTH_equir

2 Comments

  1. Leandro Leite
    Posted 4 setembro 2016 at 4:44 PM | Permalink

    Bom dia, hoje é um ótimo dia pra falar sobre isso, enquanto nos EUA há fogo e furacão para a alegria dos aquecimentistas, no hemisfério sul o frio tá pegando, aqui em Cuiabá passa do meio dia e faz 13 C, parece que o sol não vai dar as caras hoje, a capital mato-grossense, conhecida pelo calor de 40 C que faz essa época tá sendo hoje a mais fria do Brasil, mais que Curitiba e Porto Alegre, uma das maiores anomalias negativas do mundo essa semana é na região do Pantanal, já na Austrália nevou forte em Nova Gales do Sul: https://www.facebook.com/deolhonotempometeorologia/

  2. Posted 20 novembro 2016 at 2:37 AM | Permalink

    Sabemos que os balões de hélio estouram porque a pressão interna do balão vai ficando
    cada vez maior em relação à pressão externa, que vai diminuindo com a altura.
    Existe algum balão com um calibrador que vá esvaziando o balão à medida que a pressão
    externa do ar diminui? Um balão deste tipo poderia chegar ao espaço sideral (100km)?

    Att.KH


Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: