O método científico … esse desconhecido

Muitas vezes falei que a teoria do aquecimento global, para mim, não é uma teoria mas uma fé sem base cientifica, uma farsa pseudo-cientifica, uma teoria emposta para alguém ou alguns que tem lucros com ela.. Inicio com este artigo, e alguns no futuro, do porquê acho que o AGW não é uma teoria cientificamente aceitável.

Diz-se que o pai da ciência é Galileo Galilei.

Não que Galileo veio do nada, mas devemos dar-lhe crédito por, em primeiro lugar, colocar no papel o método do experimento .

Foi o início de uma revolução , porque, além de entender como as coisas caem, nascia um sistema de conhecimento baseado em dúvida e nas provas, em vez de fé. Antes tinha o ” ipse dixit de Aristóteles. Ou seja: a Aristóteles tinha dito? Ele estava certo, e é isso sem perguntar nada, e todo mundo concordava, como estudantes conservadores na frente de um professor raivoso.  Infelizmente no tempo de Galileu, Aristóteles ainda era o ideólogo de referência da Igreja, e o único livro permitido no mundo católico era a Bíblia. Então, para começar o show de criatividade para testar observações com experimentos se abriu um certo conflito entre Galileu e a hierarquia da Igreja: foi assim que veio o julgamento, a retratação, e o mitológico e ainda assim ele se move. (A terra que se move e o Sol está fixo… ao contrario da teoria aristotélica e da igreja)galileo

 

 

Nenhuma quantidade de experimentos pode provar que estou certo;
uma única experiência pode provar que estou errado.

(Albert Einstein, carta a Max Born, em 4 de dezembro de 1926)

Com base nestas duas citações acima, podemos dizer sem dúvida que hoje, com tudo o que gira em torno da teoria do aquecimento global antropogênico, mais tarde renomeado “Mudanças Climáticas”, foi jogado ao vento algo como 500 anos de história da ciência, experiências, sucessos e fracassos, conquistas, descobertas que são novas e antigas. E em vão foram os esforços daqueles que, desde o tempo de Galileu Galilei (1564-1642), seguiram na prática e no desenvolvimento do conhecimento.

Digo isso porque hoje, infelizmente, temos de ler artigos sobre o aquecimento global em que, ao mesmo tempo que é enfatizado o fato de que os cientistas não foram capazes de compreender todos os mecanismos que estão na base das alterações climáticas, por outro lado, é dito com absoluta certeza que a única agente responsável é o homem pelas suas emissões de CO2.

É essa segurança que vai colidir fortemente com o método científico.

Há um aforismo de Sir Arthur Conan Doyle, que se encaixa perfeitamente no tema do aquecimento global:

 

“A construção de teorias antes que você recolhe os fatos é um erro enorme:
conduz para adaptar os fatos para às teorias, em vez de adaptar as teorias aos fatos”.

Tantas vezes eu destaquei a discrepância, não insignificante, incluindo aqueles que eram as previsões teóricas do AGW e o que é a realidade.

Em princípio, o método científico é baseado no recolhimento de dados através da observação, experimentação e na formulação a posterior  de uma hipótese e com testes seguidos da mesma hipótese com outras observações, dados e experimentos. Em seguida, são feitos mais experiências para verificar a validade da hipótese. Se os resultados das experiências correspondem às previsões da hipótese, a hipótese inicia, repeito INICIA, a ter crédito. Caso contrário, pelo menos em teoria, a hipótese é descartada. Infelizmente as hipóteses são muitas vezes prematuramente aceitas como verdade.

bbtitalia.com

Violações do método científico, sempre falando sobre a teoria do aquecimento global antropogênico, foram realizados muitos … muitos …. e isso já é um motivo de “escândalo”. Deve-se perguntar com razão, por quê?
E quando você lê propostas como …

“… Subpor quem não adere ao acordo sobre o clima, a medidas judiciais …”

Seria como um impeachment para todos aqueles que não acreditam ou tem duvidas sobre o aquecimento global causado pelo homem.

… Bem … você percebe que, talvez, que a teoria tem ido definitivamente  muito além do método científico.

(Em 2014 o Prof. Franco Battaglia . Professor de Química Ambiental da Universidade de Modena Co-autor do relatório NIPCC “Climate Change Reconsidered II” ), ele publicou um artigo detalhado intitulado: Aquecimento global? Nunca foi tão frio

Reproduzo abaixo apenas uma pequena parte inicial, no entanto, convidando você a ler a versão completa do mesmo (link no final da peça):

 

A conjectura do aquecimento global antropogénico (AGW de acordo com a sigla em Inglês) remonta a um século atrás, e ao longo dos anos, até agora, tem sido repetidamente revivido. Era uma conjectura razoável e simples: é um século que o homem, pela queima de combustíveis fósseis, joga o dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, o CO2 é um gás de efeito estufa, no século passado, o planeta era mais quente do que no passado recente , ergo foi sugerido que as emissões antropogênicas são responsáveis por esta mudança climática.

A fim de verificar a validade da hipótese , a ONU estabeleceu um corpo – o IPCC – que não é científico, mas é político no sentido de que os seus membros são designados pelos governos. O IPCC assume a hipótese como verdade absoluta (como está explicitamente escrito em seu estatuto social) e prosseguiu através da recolha de todas as circunstâncias que confirmam a hipótese (principalmente os resultados dos cálculos do modelo). O procedimento adotado levou o IPCC a escolher seletivamente os resultados em favor da hipótese a ser testada.

O método científico, no entanto, funciona de forma diferente . Na presença de uma hipótese, devemos, em vez prosseguir com a formulação da hipótese nula – isto é, a hipótese de que nega a suposição de que você deseja controlar – e tentar falsificar; Só se você consegue falsificar a hipótese nula, então, aceita a hipótese de interesse. No caso específico, devemos falsificar a seguinte declaração: o clima de hoje e as suas mudanças são de origem natural. Se algum consegue provar que o clima de hoje e a suas mudanças não são de origem natural podemos aceitar a hipótese que o clima e as suas mudanças dependem pelas ações do homem.  Procedendo de acordo com os cânones do método científico, vemos, então, que a última hipótese não é falsificada e dessumimos meia dúzia de circunstâncias.

lanuovabq.it

 

Finalmente …

Antes de considerar a verdade absoluta e irrefutável como uma teoria, como a do aquecimento global antropogênico, os meios de comunicação continuam a propagar como tendo “mais de 97% de consenso”, deve realmente verificar-se que o método científico foi aplicado corretamente.
E, infelizmente,  aqui a resposta é NÃO! No campo cientifico e politico nem sempre a maioria está com a verdade ou está correta.

Também temos que lembrar que, se uma teoria simples ainda pode ser afetada por algum erro, uma teoria complexa, com base em uma série de teorias simples e complexas, pode ser afetada por muitos desses erros até chegar a ser quase totalmente falsa.
Na verdade, lendo e investigando nos “fundamentos” do AGW, podemos descobrir muitos belas pequenas coisas que as pessoas comuns consideram “real”, que os relatórios da mídia consideram como “real”, mas que, de acordo com o método científico, são totalmente falsas.

Mas vou falar sobre isso em outros artigos!

SAND-RIO

 

 

2 Comments

  1. Posted 22 abril 2016 at 3:43 PM | Permalink

    Perfeito. Infelizmente a mídia apenas repassa o que recebe, sem verificar. sem contestar. sem procurar fontes alternativas. Me parece que o jornalismo está tendo um retrocesso.

  2. Leandro Leite
    Posted 23 abril 2016 at 9:24 PM | Permalink

    Ficam fazendo conferencias sobre o aquecimento global há mais de 20 anos, veja o quanto de dinheiro que vem sendo jogado fora, e os custos que isso gera, é milhões indo pro ralo pra combater algo que com o passar do tempo nunca se concretiza, pra completar lá vai Dona Dilma pra Nova York gastar o nosso suado dinheiro pra tal conferencia ambiental, tão preocupados com o tal aquecimento sendo que uma La Niña está a porta para resfriar o planeta, o Brasil parece ser um dos primeiros a sentirem com uma onda de frio excepcional pra abril na próxima semana.


Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: