O INVERNO NUCLEAR…..

Parece que todos os eventos  econômicos, políticos, etc … estão convergindo em um próximo, muito próximo, futuro assustador.
Talvez no final teremos o verdadeiro e único efeito antropogênico sobre o CLIMA:  o inverno nuclear.
Já estamos em uma situação de mudança climática para o frio causado para os  ciclos naturais, e  mais, agora estamos propensos a nos envolver em uma guerra motivada pela crise econômica.

Quando ou como um colapso pode ocorrer eu não sei (muitos estão achando que teremos um setembro negro mas pode ser que isso seja só o inicio e tudo irá em frente para outros 1-2 anos ante do inevitável), mas os tambores da guerra são ouvidos em todo o mundo, e eles estão estreitamente relacionados com a situação econômica global.

No passado, o evento gatilho para uma mudança repentina do clima poderia ser uma erupção vulcânica, particularmente violenta, hoje, infelizmente, podemos competir com a natureza nesta escala dos acontecimentos, com as explosões nucleares.

HSH-Articolo_1-img_1

A poeira enviada para a estratosfera pelas explosões, especialmente a partir do mais poderosas, pode afetar o comportamento do clima durante alguns anos, acrescenta a isso os incêndios de grandes cidades e a fumaça e poluição pela destruição de instalações técnicas diversas … Refinarias, Químicas, Central Nuclear etc … e um colapso geral de estruturas civis.
Nós já vivemos isso em pequena escala com a Guerra do Golfo …

0e1094fa-8908-4e25-8656-62f3f9a33609_national-geographic2

… Mas com o NUCLEAR a escala torna-se MUNDIAL, e o evento temporário  pode tornar-se o gatilho de uma mudança climática global, o clima tem os seus ciclos e mudanças. É sempre alterado, agora, depois de um período QUENTE há condições para o desencadeamento de um período frio, e pelo comportamento das calotas polares parece que as coisas já estão próximo a acontecer …

A pancada  Antropogênica/Nuclear pode desencadear brutalmente o fenômeno e aumentar-lo na magnitude, com consequências devastadoras sobre a população, e eliminando os tempos de resposta …

Mas talvez alguém está se preparando…..

1280px-Global_Seed_Vault
https://it.wikipedia.org/wiki/Svalbard_Global_Seed_Vault

123044740-fab821a5-6814-48f8-b556-478abce194b2

Mas todos esses preparativos não indicam que um abrigo, um bunker … etc … só servem para dar mais tempo, não para impedir o colapso, deve-se tentar construir uma alternativa, sabendo que o futuro será diferente PARA SEMPRE, o nosso modelo de desenvolvimento está a beira de entrar em colapso. E isso se sabe a muito tempo …

HSH-Articolo_1-img_2

Mas como de costume a política tem muito pouca ou nenhuma visão do futuro (ou alguns políticos sabem muito bem o que nos reserva o futuro…sombrio) e o tempo está acabando.

TALVEZ, ALGUÉM QUERÊ ISSO PARA DIMINUIR A POPULAÇÃO E SALVAR NO MAXIMO UM BILHÃO DE PESSOAS…. SALVAR ELES…. NÃO NOS…..

SAND-RIO

Anúncios

5 Comments

  1. Posted 27 agosto 2015 at 1:12 PM | Permalink

    A conclusão é o mais interessante de tudo.
    Mas acho que antes da guerra vão testar a solução da Barbárie! Explico melhor.
    Durante séculos os países centrais sempre quando dominavam países periféricos, palas mais diversas formas de intervenção possível, colonialismo, neo-colonialismo,…., sempre procuravam nestes países dominados criar uma burocracia local dependente, porém educada, para servir na retirada de recursos naturais para seu uso.
    Isto ocorreu na África, na Ásia e na América.
    Entretanto esta elite local ia se organizando e criando uma sociedade análoga à dos países dominantes. Posteriormente esta elite continuava dependente ou procurava por diversos caminhos políticos a sua independência. Com esta evolução se formavam países de consumidores, consumidores de petróleo, alimento e os mais diversos tipos de produtos primários.
    Com o tempo, determinados pensadores socialistas e/ou marxistas lançaram o seguinte lema “ou o socialismo ou a barbárie”. O que isto representa nos dias atuais, se não houver um controle no consumo a tendência da sociedade seria a barbárie por absoluta falta de potencial da natureza fornecer insumos de forma desorganizada para todos.
    Talvez pensadores de outras tendências alertados por trabalhos como o do “Clube de Roma”, se colocaram no mesmo dilema, somente excluindo o socialismo como solução.
    Tentaram refrear o consumo através tanto com teorias de decrescimento como por diminuição do consumo de petróleo através de argumentos aquecimentistas, como tanto uma como outra tentativa não estão dando resultado na velocidade desejada, a forma de se chegar a diminuição do consumo em países periféricos é lançá-los na Barbárie!
    Para não se ficar em meras teorias conspirativas vamos aos fatos. As intervenções no Afeganistão e no Iraque simplesmente reduziram a estes países a um nível de consumo que existiam em décadas passadas, e em nenhum momento há uma vontade política das grandes potências ocidentais em propor planos econômicos de reconstrução destes países como o feito no pós guerra na Europa, não há interesse em criar países com consumidores.
    Estado Islâmico e intervenção na Líbia seguem a mesma lógica, sendo que a Líbia é mais sintomático, pois o ex-ditador Gaddafi, um dos inúmeros ditadores que são até hoje mantidos nos países periféricos, além de ditador conseguia manter a Líbia como o país de maior IDH da África e de maior consumo per capita, ou seja substitui-se um país ditatorial, mas organizado, por um país que tende a barbárie que daqui a dez ou quinze anos servirá simplesmente como um fornecedor de petróleo ao mundo.

  2. Posted 28 agosto 2015 at 12:55 PM | Permalink

    Vendo esse artigo pensei em uma possibilidade. E se algum lunático aquecionista propor um projeto de detonação de bombas nucleares em areas “desabitadas” do globo, para o efeito refrigerador dessas detonações combater o mais temido e “danoso” aquecimento global ? Será que chegaríamos a esse extremo de loucura coletiva ?

    • Posted 28 agosto 2015 at 1:10 PM | Permalink

      Ahahahah vc é ingenuo! Já a NASA fiz as simulações de um inverno nuclear.
      A NASA queria aprofundar através de simulações de computador a possibilidade de uma dosagem alvo de explosões de bombas nucleares, para entender o efeito sobre o clima. Fez mais de 2.000 testes nucleares realmente (embora pouco conhecido do público) para fornecer dados relevantes.
      http://nuclearweaponarchive.org/Nwfaq/Nfaq5.html
      Resultado: a simulação dos pesquisadores da NASA é à conclusão de que uma “pequena” guerra nuclear iria diminuir o efeito estufa no planeta afetando o clima da Terra e provocando resfriamento global. A causa seria acionado com as explosões. Cerca de 6 milhões de toneladas de carbono deve ser depositado na troposfera. O carbono absorve o calor do sol e subiria em seguida, vai acabar na camada mais externa da atmosfera, que levaria muito mais tempo para deixar o céu. As conseqüências desse tratamento drástico seria fome generalizada e uma diminuição drástica da produção agrícola. Além disso, o desbaste ou ainda pior, o desaparecimento da maior parte da camada de ozono existente iria causar muito alta exposição a raios ultravioletas, potencialmente nocivos. Isto iria resultar em novas doenças da pele e danos aos órgãos internos.
      O “cuidado” hipotético examinado têm uma coisa em comum: a força destrutiva potencial para o ecossistema.
      A notícia foi divulgada pela NASA através da National Geographic.
      http://news.nationalgeographic.com/news/2011/02/110223-nuclear-war-winter-global-warming-environment-science-climate-change/

      http://acd.ucar.edu/~mmills/

  3. Antônio Gomes
    Posted 29 agosto 2015 at 12:16 AM | Permalink

    Olhem só como esta a situação.Fonte UOL- Rússia prepara avião para o “juízo final””A Força Aérea da Rússia possui quatro Ilyushin Il-80 de controle avançado (Foto – Max Bryansky)

    A Rússia está se armando até os dentes. Para quê, no entanto, ninguém ainda sabe ao certo. A preocupação dos russos é tanta que o país decidiu desenvolver uma nova aeronave de controle aéreo avançado, que seria utilizada no caso de toda infraestrutura em solo ser destruída por uma guerra nuclear.”

    Nos Estados Unidos, essas aeronaves são chamados de “aviões do juízo final”. O avião do juízo final dos EUA é o Boeing E-4B Nightwatch, uma versão militar do 747 com uma série de sensores e equipamentos de comunicação via satélite. O modelo americano pode permanecer no ar por uma semana ao ser reabastecido em voo. Moçada, ficou bizarro, e os movimentos não param, Coreia do Sul e do Norte, China também na mira e mirando, Israel ameaçando a Síria e Irã partindo com ódio a Israel, e a raia miúda correndo por fora.

  4. Antônio Gomes
    Posted 29 agosto 2015 at 12:22 AM | Permalink

    Rússia prepara avião para o “juízo final””A Força Aérea da Rússia possui quatro Ilyushin Il-80 de controle avançado (Foto – Max Bryansky)

    A Rússia está se armando até os dentes. Para quê? Para possível defesa contra EUA e OTAN que na Europa começam a cercar a Rússia. A preocupação dos russos é tanta que o país decidiu desenvolver uma nova aeronave de controle aéreo avançado, que seria utilizada no caso de toda infraestrutura em solo ser destruída por uma guerra nuclear.”

    Nos Estados Unidos, essas aeronaves são chamados de “aviões do juízo final”. O avião do juízo final dos EUA é o Boeing E-4B Nightwatch, uma versão militar do 747 com uma série de sensores e equipamentos de comunicação via satélite. O modelo americano pode permanecer no ar por uma semana ao ser reabastecido em voo. Moçada, ficou bizarro, e os movimentos não param, Coreia do Sul e do Norte, China também se movimenta , Israel ameaçando a Síria e Irã partindo em defesa de Assad e contra Israel.


Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: