Quem são realmente os negadores?

Muito, mas muito mesmo, dinheiro  foi gasto tentando dar um suporte para a  falsa hipótese do CAGW durante as eleições norte-americana de meio termo. No topo da lista, o Liberal Tom Steyer que doou US $ 58 milhões para Comitês de Ação Política (PACs).

O bilionário e ativista da California de mudanças climáticas  deu 16 milhões dólares mais para o seu Comitê de Ação Climática NextGen nas duas primeiras semanas de outubro, elevando para 57,6 milhões dolares suas doações agregadas à sua organização. Apesar dos bilhões doados, os eleitores norte-americanos viraram as costas  sobre os candidatos “alarmistas”.

Os “aquece- mentistas verdes são inconsoláveis na sua dor” e estão vomitando linguagem de ódio incluindo “negador” – a referência do apelido odioso para os negadores do  holocausto. Os alarmistas já haviam perdido a discussão científica e agora descobrirem que eles também perderam o argumento político …. daí o ódio.

O astrofísico Dr. Gordon Fulks acredita “que mais efetivamente desacreditar esse termo por ligá-lo novamente aqueles que a usam contra nós.

Quem são os negadores?

Aquecedores globais estão sempre chamando aqueles de nós que não concordam com eles “negadores”. Esta referência velada ao Holocausto e ao assassinato de seis milhões de pessoas está longe de ser adequado. Os céticos não negam o Holocausto,  e a ciência? Claro que não, mas traz à tona uma questão interessante:

Quem nega a mudança climática natural?

Quem nega a importância da radiação solar variável e a possível importância da modulação Solar dos raios cósmicos galácticos?

Quem nega que o nosso Sol é uma estrela variável?

Quem nega que os nossos oceanos contêm a grande maioria do calor móvel neste planeta e, portanto, dominam o nosso clima, ano depois ano e década depois década?

Quem nega a importância dos ciclos naturais do oceano, como a Oscilação Decadal do Pacífico (ODP), descoberto por pesquisadores que estudam o salmão?

Quem nega as variações cíclicas claras em nosso clima, facilmente rastreáveis ​​para os ciclos do oceano?

Quem nega que o recente aquecimento começou por volta de 1830, muito antes de queima significativa de combustíveis fósseis?

Quem nega que os dados do núcleo do gelo mostram claramente que o aquecimento recente é consistente com períodos quentes anteriores, como a medieval, romano, e minóica?

Quem nega que o CO2 fica  nos dados de núcleos de gelo por até 800 anos e, portanto, é um produto da mudança climática não é uma causa?

Quem nega 150 anos de medições químicas de CO2 atmosférico que sugerem que as reconstruções de núcleos de gelo de concentrações anteriores de CO2 são baixos por 60 ppm?

Quem nega que a temperatura global caiu por três décadas após a Segunda Guerra Mundial, apesar de um aumento significativo nas emissões humanas de CO2 devido à industrialização?

Quem nega que o vapor de água é o principal gás de estufa e de longe o gás  dominante para o clima e não o CO2?

Quem nega que o aumento do CO2 é um benefício substancial para as plantas e, portanto, nos ajuda a alimentar os sete bilhões de pessoas neste planeta?

Quem nega que os nossos oceanos são alcalinos não ácida e nunca podem se transformar em ácida?

Quem nega a estabilização da temperatura global nos últimos 18 anos?

Quem nega que a ‘Hotspot’ (a fantasiosa bolha calda requerida pela teoria do aquecimento global) não existe na troposfera tropical?

Quem nega que todos os 73 modelos climáticos computadorizados são fracassos épicos?

Quem nega que as teorias que falham testes de validação são mortos?

Quem nega a supremacia da evidência sobre a teoria?

Quem nega a supremacia da lógica e evidência sobre autoridade e consenso?

Quem nega que estremos climaticos  tem sido sempre conosco e não pode ser atribuída ao CO2?

Quem nega que os e-mails do Climategate mostrou batota fundamentais por aqueles cientistas que promovem o aquecimento global?

Quem nega que muitos cientistas proeminentes se opõem a  histeria climática?

Em suma, que nega tanto a ciência e o método científico?

Com certeza não nos “ceticos” que queremos a supremacia da ciência sobre a grana fácil dos financiamentos governamentais.

SAND-RIO

 

Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: