“Como o Sol provoca muitas mudanças na Terra?”

È um artigo longo e desculpem sempre o meu português….

De todos os principais co-fatores que contribuem para  as alterações climáticas globais  , há um que reina supremo no cenário planetário atual.   O SOL.  Porque é tão mal compreendido pelo estabelecimento científico e assustador para eles ?  Porque eles sabem que não têm controle sobre ele, múltiplas influências do Sol sobre o planeta Terra são bastante propositadamente ignoradas, subestimadas ou negadas. Os Mestres científica do universo  são tão intimidados pela maior força do nosso Sistema Solar que agora apenas sentar e assistir e esperar … … … para a próxima queda.

Para aqueles que estão não iniciados na arte do conhecimento científico do sol, por favor, saibam que ele é talvez o mais fascinante e revelador de todas as disciplinas associadas à astronomia e astrofísica. Como um fato científico, estabeleceu-se que muitos eventos geofísicos e atmosféricos que ocorrem diariamente na Terra são diretamente correlacionados com várias atividades solares. Fenômenos solares (e lunares) foram diretamente ligadas a terremotos e erupções vulcânicas, tufões e tsunamis.

Tem sido dito muitas vezes, e nós parafrasear: ” Se você pode entender o SOL, você vai entender o universo inteiro. ”  Por outro lado, ” a inauguração de todo o cosmos ocorrerá para aqueles que humildemente olham o Sol  para espiritual sabedoria e conhecimento mundano. “Agora você sabe por que os antigos tinham tão profundo respeito e admiração para o Sol como divindade.

O seguinte excerto  põe a nu alguns dos fatos mais simples sobre a relação Sol-Terra.

“Assim como o princípio organizador central do Sistema Solar, o Sol tem um efeito maior sobre o comportamento do núcleo da Terra do que qualquer outra influência. Esta relação deve ser reconhecida, entendida e respeitada, se esta geração é navegar com sucesso através desta janela de transição planetária incrível. Não é difícil imaginar como um mais quente núcleo  mais rápido afetará os  sete mares , que se fará sentir em cada padrão climático do planeta. Da mesma forma, deve ser fácil de visualizar os muitos distúrbios geológicos como reflexo dessas mudanças profundas e movimentos profundos na terra.  “Como abaixo, tão acima.”

Qual é o ponto desta discussão? O Sol está indo muito bem visivelmente através de uma grande transformação nunca antes visto ou catalogados nas diversas anais da história. Um grande e profundo minimo dos ciclos solares que já iniciou com este ciclo 24 será mais profundo nos próximos ciclos solares 25 e 26. Portanto, o nosso planeta vai sentir os efeitos e conseqüências, dessas alterações futuras.  “Quando o Sol espirra, a Terra vem para baixo com pneumonia.”  Quem entre nós teria dúvida em uma afirmação tão evidente? ” [2]

13569762

“O que estamos prestes a propor é que, enquanto o Sol é, irrefutavelmente, a força motriz para as mudanças que ocorrem no nosso planeta azul, que é a nossa relação com ambos: nosso planeta e o Sol, que em última análise, determina o comportamento solar. Os dois – o Sol e a Terra – são, obviamente, inextricavelmente interligados, como a raça humana é ligada para os dois.

A atividade solar, que se manifesta como  erupções solares  ( CMEs ou ejeções de massa coronal), manchas solares, tempestades geomagnéticas, ventos solares, reversões de pólos magnéticos, explosões de plasma, fluxuations eletromagnéticas através da superfície do Sol, etc, podem desencadear qualquer mudança abrupta ou gradual no fluxo planetário da Terra.  Para aqueles que não crêem, navegue até os maiores sites de integridade dedicados ao sol contemplando ou até mesmo ir para a NASA SOHO (Solar and Heliospheric Observatory) e você verá rapidamente as muitas correlações óbvias entre eventos cataclísmicos na terra e eventos solares.Aliás, muitos deles podem ser retardadas; No entanto, suas causas podem ser encontrados em um turno de energia solar  “.

Quantas vezes alguém ouviu sobre o papel do Sol na transformação inexorável  em torno de nós? E, no entanto, é em última análise, è o Sol que governa praticamente todos os movimentos da Terra e cada grande evento meteorológico. É o mesmo sol que influencia o deslocamento da Terra em seu eixo, bem como a migração lenta do Pólo Norte em direção a Sibéria. Próprios ritmos solares do sol também são responsáveis ​​pelo aumento na Terra da Ressonância de Schumann como é para a diminuição costante do campo magnético  da Terra.

Até que o estabelecimento científico genuinamente reconhece e compreende a profundidade e amplitude de influências do Sol ao redor de estes e muitos outros ENORMES questões, a discussão mundial sobre o clima da Terra  permanece em um estágio rudimental de desenvolvimento. No plano puramente astrofísico, os observatórios que pontilham o Planeta Terra capturam muitos fenômenos solares sem precedentes ao longo de muitos anos. Tecnologias de alta potência de rastreamento, tais como aqueles encontrados em SOHO ( Solar and Heliospheric Observatory ) têm sido focados na estrutura interna do Sol, há muitos anos, acumulando enormes quantidades de dados em diferentes tipos de atividade solar. Medições e estatísticas foram tomadas e calculadas, respectivamente, que demonstram claramente que o comportamento do Sol é incomparável e extraordinária. Todos em conjunto, tal informação crítica e dados vitais deve ser visto como reflexo da emergência de um “novo” Sistema Solar das sortes.

ESTADO PLANETOPHYSICAL DA TERRA E DA VIDA
por DR. ALEXEY N. Dmitriev

No entanto, antes de os elementos astrofísicos deste drama cósmico pode ser bem compreendida, é o componente metafísico da metamorfose Terra-Sol, que deve ser compreendida. A relação mais profunda entre o Sol e a Terra é bastante contando sobre o atual “aquecimento global “.

“A maioria são completamente inconscientes; no entanto, o Sol e a Terra  participam de uma dança muito cuidadosamente coreografada um com o outro. Pense no que poderia acontecer se não fosse assim? Essa relação íntima é essencial para manter o equilíbrio necessário para a vida humana  existir em relativo conforto.

Infelizmente, quando que o conforto é desperdiçado, ou abusado na Terra, o Sol, de forma coordenada  envia para à humanidade um  grito de alerta . O único problema com o arranjo atual é que nós ainda temos que receber essa mensagem necessária a partir do intermediário. Aqueles que controlam o fluxo de informações provenientes dos observatórios e os astrônomos e astrofísicos e geólogos, todos ligados com financiamentos bilionários dos governos,   suficientemente sufocam  os dados vitais.

Portanto, a grande maioria dos seres humanos se encontram em uma posição de ignorância forçada e incapaz de tomar decisões informadas individualmente ou coletivamente. Esta situação tem contribuído para a evolução de muito discórdia em todo o planeta, bem como a dissonância dentro da faixa de frequência normal da Terra. Este estado de coisas tem ido na direção errada por algum tempo e agora exige uma medida corretiva radical.

Considerando que o próprio Sol é profundamente afetado pela situação da Terra, e a Terra está profundamente afetado pelo que terráqueos fazem, tornou-se progressivamente urgente para o  Sol tomar algumas ações corretivas. Assim, o Sol tem sido obrigado a rampa até a sua atividade solar de modo que o núcleo da Terra está agora a ser reprogramado. Como mencionado anteriormente, o núcleo da Terra é profundamente afetado pelo Sol e sua atividade. Esta relação núcleo está no centro das mudanças na Terra ENORMES experimentados por todos os moradores do planeta “.

Como um vislumbre adicional para o reino da verdadeira causa e efeito que tem vindo a moldar-se ao redor do mundo por muitas décadas, o seguinte trecho é bastante reveladora:

“Há razões por que tanta informação crucial sobre mudanças do sistema solar nunca é baixado para o domínio público, em especial sobre os assuntos altamente consequentes do controle das economias mundiais coma escusa de um fim do mundo causado pelo um hipotético aquecimento global . Os dados vitais relevantes, o que certamente corroboram a tese central deste ensaio, parece ser muito radioativo para colocar nas mãos de quem pode realmente entender a ameaça existencial iminente para a vida na Terra como a conhecemos. ”

“O Sol está agora passando por uma transformação sem precedentes, profunda e fundamental, que reflete a metamorfose em curso da humanidade. Ele também está provocando muitas das mudanças que estão ocorrendo em todo o Planeta Terra, razão pela qual os cientistas estão tão fora de si. Eles sabem que não têm controle sobre ele; a não ser é claro que eles completamente jogar fora seu paradigma da astrofísica atual “. 

86600_eridanos_solar flare

Devido à crescente escassez de recursos naturais que teremos, sem duvida com o próximo arrefecimento global,  no entanto, os conflitos no campo sócio-econômico são inevitáveis. Portanto, as diferenças económicas e financeiras entre nós só vai aumentar. Conflitos e guerras, desavenças e competição são inevitáveis ​​quando se trata de acesso à água potável, alimentação adequada, abrigos, e roupas suficientes.

Especialmente quando os produtos básicos da vida estão sob ameaça de Mudança Global do Clima e outras pressões formidáveis ​​(como explosão demográfica), é a tentação de apostar nos altos e baixos se intensificou. Porque as pessoas que têm o capital para jogar este jogo de cassino global têm muito a ganhar muito rapidamente, eles raramente percam a oportunidade. Infelizmente, muitos dos mesmos atores institucionais possuem o poder, influência e dinheiro para manipular ambos os eventos e circunstâncias para seu ganho financeiro inescrupuloso.

SAND-RIO

2 Comments

  1. Sandro Sintra
    Posted 18 outubro 2014 at 9:18 PM | Permalink

    Boa tarde. Acompanho seus artigos a bastante tempo e gostaria se possível de um esclarecimento maior sobre o clima no Brasil, especificamente em Goiás. Lembro quando garoto, de um clima bem gostoso, no inverno era bem frio, e hoje só temos visto o calor aumentar ano após ano, isto é normal mesmo sabendo de um futuro próximo de arrefecimento?
    Agradeço sua atenção.
    Obrigado.

  2. Antonio Gomes
    Posted 18 outubro 2014 at 9:45 PM | Permalink

    Parece que procede, primeiro vai haver muita variação térmica para depois começar a cair. Preste atenção no inverno desse ano no Hemisfério Norte. Se for muito frio, mais o que foi o de 2014. Mostrará que há um padrão de arrefecimento. A tendência nesse mesmo período é fazer muito calor por aqui.


Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: