Da Rússia declaram: era do gelo iminente, este inverno os primeiros efeitos da PEG

Frase de Abdusamatov:  dezembro 2014, os primeiros efeitos da Pequena Idade do Gelo

Mentre continuam a “saltar” sobre as redes sociais  notícias e rumores sobre o que será o próximo inverno, Meteorologicamente falando, da Rússia chegam noticias que o clima no inverno será muito extremo. È o cientista e astrofísico Habibullo  Abdusamatov  que  acende o pavio. Em uma recente entrevista para a agência de notícias russa, o cientista, conhecido por suas teorias  anti-serristas, ou contra o aquecimento global induzido (feita pelo homem), disse que uma nova Pequena Idade do Gelo começará em breve no hemisfério norte e este ciclo frio recebe os seus primeiros efeitos já a partir no próximo inverno , ou seja, a partir do mês de dezembro.

Segundo ele, o resfriamento será iniciado na virada de 2014 e 2015, mas o pico da mini era do gelo virá ao redor 2060 para a base de seus estudos a alternância de períodos de atividade do sol. “Eu não posso dizer exatamente o quanto a temperatura diminuirá, mas poderíamos tomar em relação à Pequena Idade do Gelo, quando o Tâmisa, Sena e muitos outros rios europeus congelavam. Hoje, o Tâmisa flui durante todo o ano, mas, no futuro, “será  gelado por pelo menos um par de meses. Segundo Abdusamatov, organizações governamentais devem, então, pensar em como combater os efeitos de um cenário como esse,  também de acordo com outros especialistas russos. Especialmente no que diz respeito às cidades para as latitudes do norte. Agricultura e o poder econômico no futuro serà afetado muito.

Nós acreditamos nele? A posteridade julgará.

http://en.ria.ru/world/20140919/193093969/Russian-Scientist-World-Facing-Mini-Ice-Age-Rather-Than-Global.html

17 Comments

  1. Posted 6 outubro 2014 at 4:11 AM | Permalink

    O mais interessante do comentário de Abdusamatov é o período que ele coloca para sua previsão, daqui há 3 meses se começa sentir os efeitos, não é daqui a 3 anos muito menos 30 anos.
    Para se fazer previsões como esta é necessário muita certeza pois em 3 meses ninguém esquece.
    Para mim, como Abdusamatov chefiou por algum tempo alguns projetos na estação espacial MIR, deve ter alguns dados de medida de variabilidade de intensidade solar que não fecham com os dados que são internacionalmente conhecidos.
    É interessante que Abdusamatov que desde 1962 trabalhava no observatório Pulkovo onde hoje é diretor, faça uma afirmação arriscada como a que fez sem ter algum coelho na manga.

  2. Dragaoforte
    Posted 6 outubro 2014 at 9:48 AM | Permalink

    E o aquecimento global … como nunca existiu…o que manda no clima é o sol…e se as “atividades solares diminuíram” obviamente que receberemos menas energia… e consequentemente frio…

  3. Fábio Di Grigoli
    Posted 6 outubro 2014 at 3:06 PM | Permalink

    E quanto ao hemisfério Sul? Como fica?

    • Posted 6 outubro 2014 at 6:17 PM | Permalink

      No inicio opseudocientistas do IPCC falavam que no hemisferio sul não tivemos PEG e nem o periodo quente medieval, agora muitos cientistas “independentes” estão comprovando que tb no hemisferio sul tivemos as temperaturas que cairom de 2 – 3 graus (mar caribenho) durante a PEG e o msm é encontrado nas geleiras das andes com os isotopos Be 14. Por isso msm que com um retardo de mais ou menos 10 anos em comparação com o hemisferio norte, no sul teremos as consequencia de um resfriamento. O retardo é causado pela maior presença dos oceanos no hemisferio norte. Os oceanos se comportam como uma esponja e por isso o frio de uma PEG inicia mais tarde (10 anos) e dura mais anos (sempre 10 anos). +/- 10 anos é uma hipotese baseada nos caratogem do gelo das andes.
      https://sandcarioca.wordpress.com/2012/10/19/o-periodo-quente-medieval-na-america-do-sul/
      http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1029/2000GL011426/abstract

      • Fábio Di Grigoli
        Posted 7 outubro 2014 at 4:05 AM | Permalink

        Grato pela informação.

  4. Antonio Gomes
    Posted 7 outubro 2014 at 12:05 AM | Permalink

    Ontem já caiu neve nos EUA.Uma onda de frio já começa a influenciar o tempo no Meio-Oeste dos EUA. Chicago registrou leve queda de neve hoje dia 06 de outubro, o que coloca 2014, como terceiro ano que mais cedo nevou, perdendo apenas para 1928 e 1942, quando a primeira neve caiu em 25 de setembro. Em 2013 também nevou em Novembro no inicio, e o inverno bateu record.Sand o vulcanismo que está aumentando em todo mundo ajuda aumentar o frio na terra? Se for assim tudo está ajudando a esfriar a terra, o sol, o mar e os vucões.

    • Posted 7 outubro 2014 at 12:28 AM | Permalink

      Os vulcões ativos são um das principais causas de resfriamento do planeta. As cinzas vulcanicas na atmosfera impedem que os raios do Sol cheguem na Terra. A erupção do Pinatubo é um exemplo clássico disso.

      • Antonio Gomes
        Posted 7 outubro 2014 at 12:31 PM | Permalink

        Obrigado , era o que eu imaginava. Então com os vários vulcões em atividade e os que estão se preparando para erupção, esse inverno já têm bastante ajuda para dar um show de temperaturas negativas e nevascas no Hemisfério Norte.

  5. Antonio Gomes
    Posted 7 outubro 2014 at 12:05 AM | Permalink

    Errata: vulcões

  6. Antonio Gomes
    Posted 7 outubro 2014 at 12:38 PM | Permalink

    Alguma novidade sobre resfriamento intenso e rápido do oceano Atlântico Norte, que aconteceu no último mês. O aumento do resfriamento continua? Se há novos dados e se você está acompanhando o fenômeno?

  7. siebertmartin
    Posted 7 outubro 2014 at 3:36 PM | Permalink

    Posso estar errado, mas desconfio que alguns anos entre 2015 a 2020 vão ser frios como 2013 ou mais aqui em Curitiba / Região sul do Brasil. Eu espero que neve 2 dias aqui para ver a reação de nossos “novos” governantes. Pois não há infra-estrutura nenhuma para neve ou congelamento de canos. Apenas a classe alta conseguirá se manter, pois preços de alimentos, água e energia vão subir de absurdamente.
    Latitudes acima de 40° vão estranhar um pouco o frio mais em minha opinião, mas será bem desigual devido a topografia.
    Eu espero que Абдусаматов esteja certo. Achei este link recente com várias informações dele: http://jornalggn.com.br/fora-pauta/em-tres-meses-ou-dois-anos-veremos-se-abdusamatov-tinha-raza

  8. marcio pinto
    Posted 7 outubro 2014 at 5:38 PM | Permalink

    Parece que o inverno ja chegou no hemisferio norte:

    http://www.noticiasagricolas.com.br/noticias/clima/146346-eua-chuvas-fortes-e-tempo-frio-atrasam-colheita-de-graos.html#.VDQkl_ldVPI

    • Posted 7 outubro 2014 at 6:19 PM | Permalink

      Não querendo misturar alhos com bugalhos se houver um resfriamento Global a única fronteira agrícola que existirá para ser desbravada é a Amazônia. Segundo a história do clima do passado esfriando a Terra a floresta amazônica naturalmente dá lugar a uma savana que ainda será quente o suficiente para a agricultura.
      Agora sim a mistura, caso Marina Silva vá com o governo Aécio para o Itamaraty, ela como é adepta da “internacionalização” da Amazônia pode começar a pensar a entregar esta as “isentas” ONGs europeias e norte-americanas, e aí seremos colonizados de vez!

      • Antonio Gomes
        Posted 7 outubro 2014 at 11:40 PM | Permalink

        É o que eu já havia comentado no meu post anterior, e realmente parece até que o inverno pode chegar mais cedo, e terminar mais tarde esse ano. Vamos esperar por novembro e ver se realmente essa neve ai já é um aviso do que nos aguarda mais na frente. Enquanto isso, por onde anda o pessoal do aquecimento Global?

        • marcio pinto
          Posted 8 outubro 2014 at 2:01 PM | Permalink

          Por outro lado,(hemisfério sul) no nosso sudeste esse ano o mes de outubro teve minimas recordes.Cidade do Rio de Janeiro com 11 oC de temperatura em outubro era inimaginavel há alguns anos atrás. E pelo que parece é uma tendencia também vista em 2013 quando o inverno também durou até outubro. Eu cresci em um tempo onde agosto ja não era mais inverno e não fazia mais frio.


Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: