Relatório Mensal da atividade solar CICLO 24: agosto 2014

A atividade solar durante o mês de agosto fecha a contagem do SSN (suavizada número de manchas solares, ou seja, o valor médio da contagem mensal de manchas solares), 74,7 (o SIDC oficial, as influências solares de dados Analysis Center, o centro de recolha de dados global na Bélgica). Em relação a julho, quando descobriu-se um total de 72,5 SSN, houve um ligeiro aumento de 2,2 pontos.

Ao separar o cálculo dos dois hemisférios, o  hemisfério norte solar fechou o mês de agosto com um RN para 37,35, em seguida, um aumento em relação a julho de 11,85 pontos, quando ele saiu com um SSN de 25,5.

Também para o hemisfério sul agosto fechou com RS de 37,35 diminuição em relação a julho, quando ele fez um SSN ser 47,0 então um decréscimo de 9,65 pontos.

Valor absoluto do ciclo 24, em fevereiro de 2014, com a (número de manchas solares suavizada) SSN Mensal de 102,8.

Neste momento, o Ciclo Solar Max 24 tem o seu maximo em fevereiro de 2014, com um SSN (número de manchas solares suavizada, como a média dos últimos 13 meses) para 78,4 pontos. Então, fevereiro 2014 torna-se o novo máximo, mas que, no mês de março 2014 pode ser ligeiramente retocado ainda a melhorar, com uma projeção de 79,8 pontos. Quero lembrar que o ssn é uma media dos ultimos 13 meses.

energia solar

E agora chegamos a um outro índice Solar, um dos mais importantes, se não o mais importante na atividade de nosso Sol: O SOLAR  FLUX
O mês de Agosto encerra às 124,6 em declínio acentuado em relação a julho de 10,8 pontos, quando ele saiu para 137,4 pontos. (Official figuras NOAA).

Máximo absoluto de ciclo de 24 de fevereiro de 2014, com um valor de SF (Flux Solar) de 170,3 pontos.

O Índice de AP em agosto fechou em alta de 7,7 pontos, 3,2 em relação a julho, quando fechou 4,5 pontos.

O LSC  (Contagem Sunspot do Layman (dirigido por Geoff Sharp), método adotado para uma melhor comparação com o passado) é em agosto, com um registro de 42,23 pontos, enquanto o SIDC encerra o mês de agosto, para 74,7 pontos.
Daí o LSC é bem 32,47 pontos a menos do que o oficial dado do  SIDC.

Naturalmente não tivemos tempestade dignas de anotações e sol continua calmo para a sua estrada em declínio para o minimo do ciclo.

4 Comments

  1. Antonio Gomes
    Posted 2 setembro 2014 at 7:06 PM | Permalink

    Olha só e parece que começa a se confirmar que esse mínimo veio para ficar. Sand poderia dar uma opinião de como será o inverno do Hemisfério Norte esse ano. O inverno do hemisfério sul não foi constante, e a neve esse ano foi pouca por aqui.

    • Posted 2 setembro 2014 at 9:39 PM | Permalink

      Quando vi que a Antártida tinha record de frio sabia que o hemisferio sul não poderia ter muito frio, isso pq as tempeaturas globais do hemisferio sul podem variar por décimos de graus durante toda a estação. Se a Antartida ‘choupou’ todo o frio e a circulação da corrente circumpolar este ano foi assim poderosa que impediu que massas de ar congeladas poderiam ir da Antartida para o norte, assim tivemos um inverno meno frio do nermal. A desgraça é que as temperaturas excepcionalmente frias da Antartida desses anos não vão para os registros da temperaturas globais.
      Para o norte é o mesmo discurso, se o Artico terá record de frio vai chupar o ar frio que ficará no artico e não irá para o sul. Isso sempre considerando que as variações de temperatura durante uma estação estão dentro de poucos decimos de graus C.

  2. leonardopires28
    Posted 24 setembro 2014 at 3:58 PM | Permalink

    Sand-Rio, será que isso tudo poderia explicar a estiagem no Brasil? Abraços


Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: