O sol define o clima a longo prazo

História apresentada por Cornelis de Jager
(ex-presidente do ICSU;. pres últimos COSPAR)

Em uma recente publicação intitulada variação da temperatura terrestre  em relação à variabilidade magnética solar, incluindo o atual ciclo de Schwabe, os cientistas Cornelis (Kees) de Jager e Hans Nieuwenhuijzen, da Organização de Pesquisa Espacial da Holanda analisaram a dependência da temperatura global na Terra, bem como os campos magnéticos equatoriais. O novo aspecto desta pesquisa é que todas as investigações anteriores neste campo tinham apenas procurado  a dependência da temperatura do solo terrestre com o número de manchas solares, o que é um “proxy” para os campos magnéticos equatoriais do sol. Mas o sol tem duas grandes áreas magnéticas, os polaris e uma  equatorial. Nesta pesquisa, ambos estão incluídos.

Na sua análise, os cientistas Utrecht tem restrito à variação relativamente a longo prazo de ambos os domínios, bem como a temperatura, como de modo a excluir os fenómenos de curto prazo, tais como as variações de temperatura devido a vulcões ou processos como El-Nino.

Por ter incluído as duas áreas do campo magnético na sua análise demonstrou-se que, durante a maior parte dos quatro séculos investigados, isto é, o período de 1610 até cerca de 1900-1950, a temperatura média do solo terrestres depende unicamente das variações do campo magnético solar. Depois de 1900, há um aumento no excesso de temperatura, que é atribuída a atividade humana. Após o impressionante Grand máximo do século 20, o sol passou  por um excepcional inatividade ou seja a fase de longo minimo solar, e não antes da transição de fase observada que durou relativamente longo, ou seja, de cerca de 2005 até 2010.

Normalmente, as transições entre as fases  dos ciclos solares não levam mais do que um ou dois anos. Durante esse período de transição e, depois disso, a atividade solar foi excepcionalmente baixa. A conseqüente desta “pequena” contribuição para as temperaturas terrestres é a causa da paralisação no aumento da temperatura observada desde meados do século 20.

CdeJager_Fig1

A descrição acima pode ser ilustrado na figura 1, o diagrama mostra três curvas. O meio é a temperatura media do solo terrestre  (pontos) através do qual uma curva média aproximada é desenhada. (LOWESS A técnica é utilizada para o nivelamento). A linha superior mostra a contribuição solar e a curva inferior representa a diferença entre os dois. Ela mostra uma variação quase plana que demonstra que o componente de longo prazo das temperaturas terrestres é unicamente devida à variação do campo magnético do sol. A média de “zero-line” mostra um muito lento, ainda inexplicável, aumento ao longo dos séculos.

O documento é publicado em Ciências Naturais vol. 5, pp 1112-1120, 2013 (acesso livre).Ele também pode ser consultado em http://www.cdejager.com/wp-content/uploads/2013/10/2013-CdeJ-HN-Sun-climate-NS-5-1112.pdf

Artigos relacionados

3 Comments

  1. Paulo Assis
    Posted 6 novembro 2013 at 11:50 PM | Permalink

    Mudanças no clima???
    É caro Sand, as coisas estão mudadas mesmo.
    Hoje 6 de novembro, menor temperatura máxima em 14 anos e segunda menor da história para um mes de novembro em São Paulo:16,4º C. Massa polar de forte intensidade muda o clima no Brasil.
    Essa semana, em plena primavera, tivemos geadas no sul, temperaturas de 1ºC em cidades do sul. Mesmo no Rio de Janeiro, dificilmente os termometros conseguem passar dos 30 graus.
    Segundo os meteorologistas, uma das causas seria a baixa temperatura do Oceano pacifico, que tem permitido que essas várias massas polares cheguem ao Brasil.
    Será que isso é reflexo da baixa atividade solar? O clima está realmente mudando?

  2. paulo
    Posted 7 novembro 2013 at 9:18 AM | Permalink

    http://wattsupwiththat.com/2013/11/06/cosmic-rays-and-climate-to-be-or-not-to-be/
    novidades sobre raios cósmicos. dois passos para frente, um para trás….

  3. Antonio Gomes
    Posted 7 novembro 2013 at 9:49 PM | Permalink

    Em Fortaleza ao cair da tarde temos já 25°graus Celsius,quando o normal seria para novembro de 28° a 29°,quando estavamos em 2007 tinhamos 30° facilmente neste mês a noite.Está havendo uma queda de temperatura sim, os últimos três anos usava ar condicionado todas as noites, até agora não usei o ar, pois o vento continua e a temperatura da madrugada fica em torno de 22° a 24° no máximo.


Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: