O SOL no més de novembro 2012

Acabou novembro e estamos em uma situação de estalo com o Sol que não consegue aumentar a sua força magnética e fica sempre mais possível que já passamos o máximo do ciclo 24.   Com a atual situação fica sempre mais claro, tb aos cientistas solares cépticos da Nasa, que estamos indo para um profundo ciclo de mínimos dos ciclos solares. Quando falei a primeira vez em 2008 de um novo minimo tipo Maunder com base nos dados do meu mestre Timo Niroma,  muitos ficarem em duvida, mas agora os mesmos estão falando de um próximo minimo like Maunder.  O Sol vai ficar hibernado por várias décadas e teremos um calo significativo das temperaturas globais. Mais no Hemisfério norte e menos no hemisfério sul do planeta e isso só parqué as massas oceânicas,  que funcionam como uma esponja de calor, são mais presentes no sul da Terra. Isso não significa que o Sol não terá os seus ciclos de +/- 11 anos com algumas manchas mas o indice das manchas solares não é o indice mais importante em um ciclo solar. Este índice é importante só para comparar mais ou menos os atuais ciclos com os ciclos dos seculos passados, mas o índice mais importante é o Fluxo Solar (Solar Flux) que interage com a atmosfera superior da Terra com um aumento ou um calo dos raios cósmicos que são em boa parte responsáveis pela maior ou menor cobertura das nuvens. E isso é o diagrama do SF comparado com os ciclos precedentes e que aparece bem abaixo da media dos ciclos 21, 22 e 23

10,7 centímetros Radioflux

Vamos ver os sólitos diagramas pelo més de novembro.

Activity chart

Continua o batimento do coração do Sol (linha preta) alias do Solar Flux e o índice SSN provisório do més de novembro  é de 61,2 bem abaixo do atual máximo de fevereiro 2012 que tem um índice de 66,9 e também menos do índice di outubro  de 61,5.

Naturalmente durante o més não tivemos ECM  dignas de nota ficando o Sol bem calminho apesar do seu hipotético, pela Nasa,  andamento para o maximo. Quando os amigos físicos solares irão falar que errarem tudo?

O problema é que temos algumas manchas mas elas não tem força magnética (como bem previsto na teoria de  Livingston e Penn)

Com isso a probabilidade de uma mega tempestade solar em 21 12 2012 é praticamente ZERO!

SAND-RIO

Anúncios

5 Comments

  1. Antonio
    Posted 30 novembro 2012 at 7:28 PM | Permalink

    O Sol que não consegue aumentar a sua força magnética, nem consegue aumentar as manchas solares bem como Fluxo Solar,será então que se pode prever que não haverá o ciclo 25, e também será o começo de uma pequena idade de gêlo.? Se for assim esse papo de aquecimento global fica muito perigoso.

  2. Antonio
    Posted 2 dezembro 2012 at 2:13 PM | Permalink

    Li um artigo e um relatório da NASA que foi publicado em diversos jornais que o número de manchas solares está aumentando, e que em 2013 poderemos ter uma grande tempestade solar. Já em artigo publicado, por Anastasia Gubin “- The Epoch Times”Astrônomos da NASA disseram – “que o período de ” máximo solar ” anunciado para 2013 está se tornando aparente.A agência dos EUA mostra duas fotografias do Sol em outubro de 2010 e outubro de 2012, que destaca a diferença entre estes dois anos, mostrando claramente um sol mais ativa nos últimos meses. O máximo solar , ou a máxima atividade solar, é regido por ciclos naturais de cerca de 11 anos, que são marcadas pelo aumento do número de manchas solares”.O comunicado continua, gostaria que alguém realmente possa dizer o que está acontecendo com nosso sol.Outro ponto intrigante duas CMES classe M 1 que estavam vindo para terra, não chegaram a fazer nenhuma conseguência. No mínimo estranho.

    • vália régis
      Posted 2 dezembro 2012 at 9:17 PM | Permalink

      Olá, Antonio

      Tenho acompanhado com certa frequência os artigos do Sand.
      Vejo que vc. sempre comenta tb.
      Acompanho nosso clima há um certo tempo.
      (veja bem – não sou da área de climatologia, nem de outras a fim. Minha profissão é outra), mas gosto de acompanhar esses “fenômenos” naturais.
      Observo aqui na minha região (sudoeste brasileiro)um calor anormal, porque veja bem -tenho 56 anos e nunca senti um calor igual ao dos últimos 3 anos.
      Parece-me que junto com o calor, vem algum tipo de radiação, porque a sensação é de que o sol está nos queimando como um grande forno microondas. É um calor que é sentido de dentro para fora. Tenho conversado com muitas pessoas e a sensação relatada por todas é sempre a mesma.
      E o curioso disso é que esta sensação sempre ocorre quando no site da apolo 11 está prevista alguma projeção de flare.(Uns 2 dias após a previsão é certo que isto ocorre. Não é estranho?)
      Se vc. tem algum comentário a respeito, eu gostaria de saber, porque questiono muitas pessoas desta área e elas dizem que está tudo certo, que é assim mesmo(?)
      Sinto que não estão nos contando tudo…..

      • Antonio
        Posted 3 dezembro 2012 at 1:23 AM | Permalink

        ◦Vália Régis, se isso aí é novidade, acho que você têm uma certa razão quanto a sensação de formo microondas, os raios ultra violetas e emissões de radiação do sol,estão em grau máximo de exposição na maior parte do país, . Nordeste temos Índice UV: Extremo em Fortaleza,Recife, Piauí. E isso já vêm acontecendo algum tempo. Por isso é bom ter a mão o protetor solar.Mas é bom saber que nosso hemisfério está sendo mais iluminado pelo sol que o Hemisfério Norte e isso deve também contribuir para o fenômeno.Agora relato que nos últimos três anos o sol abrandou aqui no Ceará, até meados de final de Outubro 2012 e começo de novembro não fez o calor abafado que antes fazia, o que não é normal.Do meio de novembro para cá o calor apertou de 11 horas Até as 16:00 atingindo 31°. Antes o normal era 33° a 34°. A noite a temperatura as 19:00 horas de hoje já estava 26° e na madrugada cai para 23° chegando as vezes 22°.Antes a noite o normal seria 30, 29, 28 quando estava mais frio, raramente se tinha 26°, 25°. Cinquenta anos de vivência e 2 anos de Bacharelado em Geografia me fazem gostar deste tipo de assunto. Espero lhe ter sido útil.

        • vália régis
          Posted 4 dezembro 2012 at 12:01 AM | Permalink

          Olá, Antônio

          Obrigado por comentar.
          Valeu saber sobre o clima da sua região.
          Mil desculpas, mas agora que reli meu comentário, saiu um “o” a mais na minha região. É sudeste!!
          E não posso dizer o mesmo das temperaturas por aqui.
          Estão absurdas, quer de dia ou à noite.
          Está muito difícil para dormir.
          Temos tido, em média, 34, 35°C e não chove de jeito nenhum.Até parece que inverteu, não é mesmo?
          Ontem, finalmente choveu muito à noite (1ª chuva de “verão”)
          Pensamos que amanheceria mais fresco. Que nada. Calorzão insuportável hoje de novo.
          E vamos continuar observando.


Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: