O futuro do Aquecimento Global…. AGW é tudo errado

Um dia depois da confirmação pelo CERN das teorias de Henrik Svensmark, as reacções na Internet continuam sobretudo a aclamar as grandes virtudes do método científico. Por cá, nas pesquisa extensas que já fiz online, a Media mundiais esqueceram a Notícia. ZERO referências… Quase toda a gente anda baralhada! Afinal, o que ficamos a saber é que afinal ainda há discussão sobre o que condiciona o Clima. E que a contribuição do dióxido de carbono é muito menor que a do vapor de água, apesar do IPCC nem sequer reconhecer o contributo do vapor de água!E o vapor d´agua é ligado ao aquecimento e resfriamento do SOL e do seus ciclos como agora que temos e teremos um profundo minimo solar.

Mais significativo, os políticos ficarão desnorteados! Como vão eles taxar os raios cósmicos? Ou taxar o Sol, pela forma como condiciona a chegada dos raios cósmicos ao planeta Terra? Os cientistas alarmistas vão chegar à conclusão que a geo-engenharia também não vai levar a lado nenhum, pois afinal os raios cósmicos são fundamentalmente imparáveis! Resta-nos pedir aos ET’s para regularem o fluxo de raios cósmicos, talvez com uma torneira cósmica?

Enfim, foram quase duas décadas perdidas na Ciência. Em que nos dedicamos a estoirar dinheiro num problema que basicamente não condicionamos nem podemos controlar! A investir em modelos climáticos computorizados em que nem sequer as variáveis básicas (eg. nuvens) são consideradas! Enfim, agora percebe-se porque é que estes lobbys conseguiram condicionar o projecto CLOUD durante tantos anos, sucessivamente adiado pelo Clero do Aquecimento Global…

Os resultados do CLOUD, do CERN, são arrasadores! Num artigo da Nature, Kirkby, J. et al. confirmaram a hipótese anteriormente avançada por Henrik Svensmark:

For a century, scientists have known that charged particles from space constantly bombard Earth. Known as cosmic rays, the particles are mostly protons blasted out of supernovae. As the protons crash through the planet’s atmosphere, they can ionize volatile compounds, causing them to condense into airborne droplets, or aerosols. Clouds might then build up around the droplets.The number of cosmic rays that reach Earth depends on the Sun. When the Sun is emitting lots of radiation, its magnetic field shields the planet from cosmic rays. During periods of low solar activity, more cosmic rays reach Earth.

Está por isso a tornar-se evidente que as teorias do Al Gore e alarmistas estão a cair como um castelo de cartas. Recentemente já evidenciara o trabalho de Henrik Svensmark aqui e aqui. Para quem ainda não viu, não percam o vídeo do segundo link. E também as referências aos raios cósmicos, aos quais já nos havíamos referido há cerca de dois anos.

Por isso, e para quem segue as agruras do trabalho de Svensmark, que lutou durante mais de uma década, nomeadamente contra os atrasos deliberados neste projecto CLOUD, implementando ele próprio a experiência que agora o CLOUD também demonstra, não há dúvidas que ele merece o próximo Prémio Nobel da Física. Pela forma como aplicou o método científico, e como lutou contra o clero do Aquecimento Global, será provavelmente recordado como um dos mais notáveis cientistas do nosso tempo! E no processo, o indicado seria retirar o Prémio Nobel ao Al Gore, que ficará na história como o Al Capone do Clima…

Publicada por EcoTretas

Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: