Os Ciclos solares durante o Mínimo de Maunder

O Mínimo de Maunder é desenvolvido entre os anos de 1645 e 1717. Vamos ver o que aconteceu com os ciclos solares naquele período e se acontecerem maximos nos ciclos. .Primeiro de tudo temos olhar para o que eles escreveram os primeiros astrônomos escreveram  em seus arquivos e desenhos lembrando que eles ainda não tinham conhecimento dos ciclos solares e, portanto, os desenhos dos pontos mostram apenas o que eles vierem  com a instrumentação do tempo e que este equipamento durante esses anos estava se desenvolvendo de forma que o fator de correção que deve aplicar-se   para tornar comparáveis ​​o seculo do minimo de Maunder com o atual tem que ter conto dàs necessidades modernas. Alias acho que o fator de correção aplicado atualmente pelos institutos de pesquisa é pouco comfiavel.

Então, olhamos para pesquisa feita por Maunder.

De acordo com os manuscritos do período entre 1610 e 1620 houve uma grande atividade solar  com um número de wolf anual de 60   em 1610, quando as manchas solares foram observadas a olho nu, e numero de Wolf de 55 em 1612. Entre 1620 e 1630, a máxima foi em 1625 com um número de Wolf  de 40, entre 1630 e 1640 não têm dados confiáveis, entre 1640 e 1650 foi o mais alto em 1643 com um número de Wolf, de 20.

N º ciclo Década Max ano Wolf n º
-10 1640-1650 1643 18
-9 1650-1660 1653 5 Inicio mínimo
-8 1660-1670 1661 5
-7 1670-1680 1673 10
-6 1680-1690 1684 12
-5 1690-1700 1695 7
-4 1700-1710 1705 20 Mínimo
-3 1710-1720 1718 65

Considerando o fator de correção no ciclo de 1700-1710, o máximo em 1705 com 20 Wolf que  pode ser ajustado com um K de 03/02 e, em seguida, obter um número de Wolf 50. O fator de correção durante o mínimo de Maunder, para mostrar alguns pontos e, provavelmente, a maioria deles  tem sido bem pequenos como pores, que agora são facilmente contado, mas naquele tempo foram então negligenciados, podemos atribuir um fator de correção de 2 ou 3 K ou mais. Durante o Mínimo de Maunder houve ciclos e cada um tinha o seu máximo, que é claramente visível se aplicarmos o fator de correção, e os ciclos de desenvolvimento foram aproximadamente normal de quase 11 anos. (Lembre-se que quando Maunder  fez a tabela acima , agora remodelada com Wolf número e max, ele  já conhecia a ciclos de 11 anos).

O ano de 1718 com Max Wolf de 65 (correto seria um Wolf de  130/190) foi o primeiro ano de maximo dos ciclos  pós-Maunder, mesmo se a ciência começa a contar os ciclos desde 1755.

Uma outra característica é que as manchas durante o  Maunder estavam concentrados no hemisfério sul do Sol, excepto a última parte do minimo  quando manchas começaram a aparecer também na parte norte do Sol
Com base em cálculos feitos com as manchas tambem è  possível calcular o Flux solar que entre  1610-2010 seria este:

(Clique aqui para ver ampliado:Flux.png )

Três curiosidade finalmente: a primeira é que se acha que Stradivari fez sua ferramentas maravilhosas, porque ele usava as árvores que crescem lentamente durante esse período; Stradivari nasceu um ano antes do mínimo de Maunder. Segunda curiosidade: o período do mínimo de Maunder é o período do reinado do Rei Luís XIV O Rei Sol da França! (1643-1715). Curiosidade em terceiro lugar, eu não sei se é uma curiosidade ou uma questão muito séria e que alguém tem alguns comentários em destaque, um desenho do sol feito por Flamsteed (astrônomo Inglês, que construiu o observatório de Greenwich), um estudo recente da JM Vaquero, Departamento de Física Aplicada, Universidad de Extremadura, Cáceres (Espanha), fazendo uma análise profunda do desenho sugere que o sol abrandou sua rotação durante o periodo mais profundo do Mínimo de Maunder  em 1684.

Concluindo:

Durante o Maunder as manchas eram no hemisferio sul e não no hemisferio norte, no atual ciclo as manchas são no hemisferio norte e não no hemisferio sul…. um ciclo plurisecolar do Sol???

Teremos um novo ciclo tipo Maunder? Acho que sim!!!

SAND-RIO

One Comment

  1. Luciano
    Posted 15 agosto 2011 at 8:45 PM | Permalink

    Sand, veja isso: Dados Atuais – 17:19 BRT
    O número de manchas solares informado é de 00 para um fluxo solar de 88.

    Zero!

    Enquanto isso, um monstro polar está para derrubar as temperaturas na região centro-sul do Brasil.

    Apartir do dia 19, aguardar para ver.

    Um abraço.


Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: