Cientista alemão: o CO2 não é a causa da mudança climatica. O periodo frio é antecipado

O Instituto Europeu de Clima e Energia (Eike), lançou um documento escrito pelo físico alemão Dr. Horst Borchert. O documento  revela uma clara relação entre a atividade solar e os ciclos oceânicos que atuam como o principal motor do clima.  Os dados medidos NÃO  mostram qualquer impacto do CO2 no clima.

O estudo está em alemão, mas o resumo é em Inglês, em formato pdf aqui . Aqui está uma tradução …

ScreenHunter_06_Nov._21_19.11

“Verificou-se que a oscilação do Pacífico Sul (ENOS) é influenciada pela atividade solar, semelhante à Oscilação do Atlântico Norte (NAO). Especialmente durante o período de aquecimento entre 1980-2009 a oscilação do vento solar (índice de “AA”) estava em boa ressonância com a oscilação do sul do Pacífico. A mesma observação foi encontrada entre a oscilação da radiação cósmica, que é controlada pela diminuição de Forbush, os campos magnéticos dos prótons solares, o vento solar e um atrasado SO (K = 0,8). A conseqüência destas observações é o postulado de que o aumento da temperatura global no hemisfério sul foi causado por um aumento dos  raios solares com forte emissão de protons  na direção da Terra, durante os fortes ciclos solares 22 e 23 (os mais fortes em 800 anos como dito pela mesma NASA) reduzindo os raios cósmicos. Isto levou a uma redução da nebulosidade, no aumento da radiação solar e o aquecimento da atmosfera  inferior (Svensmark-Effect). Como resultado  o oceano lentamente foi aquecendo e o oceano mais quente foi um  fertilizante para a flora do mundo, para fornecer continuamente CO2 dissolvida. Não se consigue encontrar uma relevância de CO2 na mudança climática. Ao final da atividade solar, em 2006, iniciou um período de frio no hemisfério sul. “

Na conclusão do estudo Bochert escreve que a temperatura do hemisfério sul, tem seguido a média de longo prazo da Oscilação  Sul (IOS)  ou Southern Oscillation (SOI) desde 1980.  Durante este período de aquecimento, a IOS tem sido reforçada por uma fonte adicional  particularmente forte de calor solar, que terminou com o ciclo solar 23.

ScreenHunter_07_Nov._21_19.12

Conseqüentemente, a temperatura global no hemisfério sul como no hemisfério norte, mostra uma estagnação e uma tendência decrescente desde 2009.

Borchert escreve:

“A temperatura em aumento também  no hemisfério sul a partir de 1980 até 2009, não é causado pelo homem, mas por uma incomun atividade solar. Uma verificação do desenvolvimento de calor na região do Pacífico Sul, e um aumento da concentração de CO2 durante este período de aquecimento, não é visível a partir dos dados medidos. “

“O CO2 não é relevante para o clima. A partir de medições terrestres, as alterações climáticas e do aquecimento não podem ser demostradas  para ser causadas pelo aumento de CO2.”

ScreenHunter_08_Nov._21_19.12

E para o futuro:

“O clima na terra será caracterizado por um aumento médio de longo prazo na nebulosidade e, consequentemente, menos radiação solar e  radiação cósmica ligeiramente reduzida. No longo prazo é prevesivel  um período de frio”.

ScreenHunter_09_Nov._21_19.13

Borchert termina com:

“Não há razão para esperar, ou ter medo, de um desastre climático por causas antropogénicas. Toda a mudança climática se deve a causas naturais. O verdadeiro desafio é se adaptar a eles.”

Sand-rio

Artigo original escrito e tradicido por Paolo Lui, em:

http://www.wpsmeteo.com/index.php?option=com_content&view=article&id=807:scienziato-tedesco-co2-non-e-la-causa-del-cambiamento-climaticoil-periodo-di-freddo-e-anticipato&catid=6:articoli-clima&Itemid=18

5 Comments

  1. Cátia
    Posted 24 novembro 2010 at 11:13 PM | Permalink

    Será que estamos entrando em uma nova era glacial, pequena talvez? É de se pensar. Li um artigo que falava que os vulcões entram em erupção para ajudar também no resfriamento da Terra, é ultimamente é só o que se vê.

  2. Luciano
    Posted 25 novembro 2010 at 10:20 AM | Permalink

    E aposto que dirão que o frio veio somente das erupções vulcânicas.

    Eles são lisos…

  3. Posted 25 novembro 2010 at 4:37 PM | Permalink

    Sempre mais cientistas AUTONOMOS falam em uma provavel Little Ice Age (LIA) com temperaturas globais em queda entre 1,5 e 2 °C. Isso entre os proximos anos. Desde 1998 a temperatura global não está subendo a pesar dos “erros” das mediações, centrais meteo nas cidades e aeroportos e não em campanha, instrumentos satelitares velhos que ultimamente medirom temperaturas na região dos Grandes Lagos na US de 280°C.!!!
    Se a temperatura cai de i,5/2°C. significa que o aquecimento dos ultimos 60 anos não existe mais!
    O ciclo ultradecennal do AMO, PDO explicaria a caida das tempraturas.
    Tudo isso é ciclico e aconteçe SEMPRE.

  4. Posted 25 novembro 2010 at 7:26 PM | Permalink

    Conseqüentemente, a temperatura global no hemisfério sul como no hemisfério norte, mostra uma estagnação e uma tendência decrescente desde 2009

    Creio ser 1998/1999.

    Evidentemente tenho minhas restrições a ciclos.

    Claro que o ajuste polinomial da série SOI sendo esta anticorrelacionada com ENSO e sendo esta correlacionada com TLT.{esqueça momentaneamente os “lags”}

    Aparentemente o ajuste da curva é de 4º grau (desculpe-me mas o link não possibilita maiores detalhes).

    Observe que o gráfico “gasta” as quatro raízes em um período próximo a 130 anos.

    Independentemente das colocações acima é um prazer ver a comunidade cética brasileira no esforço incomum de deixar as vaidades ao lado e tentar desmistificar a maior farsa da ciência desde o julgamento de Galileo.

    Os campos das pesquisas climáticas são amplos, portanto demandam tempo e união.

    Fator de união. Não existe uma única prova do aquecimento global “antropogênico”….vulgo emissões de CO2.

    No restante vamos estudar, aprender e quem sabe um dia obteremos algo definitivo.

    Até lá o lema mdeve ser cooperação entre os diversos segmentos da linha evolutiva da “cepticalidade brasileira”

    • Posted 25 novembro 2010 at 8:02 PM | Permalink

      Obrigado Fernando as tuas palavras sou um comforto para quem, como eu, não aceita com olhos fechados todo aquilo que é divulgao pela midia. Eu quero entender e olhar todos os lados de um problema.
      Se Vç quere publicar alguns artigos aqui sem problema. E se o artigo é de meteo geral é posivel fazer a tradução em italiano e publicar-lo tambem no site onde escrivo:
      http://daltonsminima.altervista.org/


Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: