Como o NOAA falsifica os dados para fazer aparir o ano 2010 o mais quente da historia.

O NOAA disse que as temperaturas globais de Janeiro a Junho de 2010 são as mais altas da história. Mas o NOAA mente sabendo de mentir e para provar a sua alegação falsifica os dados e a gente o demostra.
A figura abaixo mostra as anomalias de temperatura do NOAA de Janeiro até Junho 2010, em comparação aos valores do período de referência 1971-2000, por 5 × 5 grades.
http://www.noaanews.noaa.gov/stories2010/20100715_globalstats.html

Os problemas com este programa do NOAA são a qualidade e os dados manipulados.
É hora de assumir o controle em áreas do globo onde o  NOAA exibe aumento do aquecimento e ver como o NOAA manipula os dados para mostrar que o aquecimento antropogenico  existe!
Norte de África
O Sahara parece muito mais quente que o habitual.
Mas onde estão os dados? Muitas ares não têm estações meteorológicas 5×5!
Outras áreas têm limitados  dados históricos.
Parece haver uma relação inversa: há menos estações e a area é mais quente , ou se você quiser mais estações que estão no 5 × 5 grades e menos aquecimento é observado.

A imagem acima mostra onde estão as  estaçãoes meteorológicas do programa  NOAA GHCN, marcados com ícones ícone verde e azul;  e em vermelho indica se a área tem os dados históricos registrados no banco de dados do Hadey CRUTEM3.
E a grade da NOAA mostra que os milagres são as mudanças de temperatura de pelo menos, 4 ° C.
É hora de fazer uma pequena comparação com os dados Hadley CRUTEM3 dados baseados 1900-2009:
Em nenhum caso pode ser visto  o aquecimento  que o NOAA quere nos fazer crer.

Como você pode ver, há um grande problema com a falta de dados históricos e em seguida, se preencha os dados em falta com os pressupostos caprichosas ou que apenas querem mostrar um aquecimento, se não impossível de provar. Mas em qualquer caso, mesmo com esses poucos dados históricos, nos vemos que NÃO existe tudo  o aquecimento   que o NOAA indica.
Mas, mesmo onde as estações meteorológicas do NOAA existem os dados sou incriveis.  Vemos o caso da Turquia oriental (40Nx40-35-45E), que tem muitas estações e não mostra o aquecimento de janeiro a junho em 2009, mas de acordo com a NOAA, de repente  a temperatura de 4 graus  durante o ano até junho de 2010.

Muitas partes do mundo não tem dados meteorológicos até meados do século XX. Sem esses dados históricos é fácil mostrar que as coisas  como  aquecimento de 1 ou 2 graus.

GREENLAND
Se ouvirmos os dados do NOAA na Groenlândia  estáo crescendo bananeiras e as praias em breve estarão cheios de pessoas em bikini a tomar banho.
Mas também aqui … Onde estão os dados?
A maior parte da grade de 5 × 5 ainda não tem nenhuma estação ali e o NOAA diz que a temperatura é aumentada de 5 ° C.! Como é bom! também pode indicar uma temperatura acima de 15 ° C não está  alguém alí e não há estação meteorológica para contradizê-los.

Felizmente, existem algumas estações na Gronelândia, em outras áreas que têm dados históricos confiáveis.
A figura abaixo mostra alguns dos HOT aos dados NOAA históricos dell’Hadey CRUTEM3.

Consulte aqui os gráficos alargados:

http://www.appinsys.com/GlobalWarming/greenlandfigs/greenlandfigs.htm

O histórico mostra que o controle de “aquecimento” do alegado nos primeiros seis meses na Groenlândia é menor do que no passado. Se virem os dados desde 1980, é uma impressão totalmente errada e falsa.
Para obter mais informações, consulte aqui:

http://www.appinsys.com/GlobalWarming/RS_Greenland.htm

Então nós vemos que a verdade está vendo o gráfico Had Cru de 1900:

A figura abaixo mostra a correlação entre as temperaturas na Groenlândia e o índice AMO.

http://en.wikipedia.org/wiki/File:Amo_timeseries_1856-present.svg

A correlação é evidente!.

SIBÉRIA
A Sibéria mostra variações negativas (azul) e mudanças positivas (vermelho) e veremos  que há mudanças positivas onde não existem Estações meteolrologicas !

Historicamente, a Sibéria aquece e resfria em graus diversos em diferentes momentos e isso não é nada misterioso. As áreas da Sibéria já tiveram um aquecimento mais forte em 1940.
CANADÁ
Mesmo nas áreas mais desertas do norte do Canadá têm uma variação incrível de aquecimento de 5 ° C e acima.
Mas também para o Canadá e inútil dizer que o aquecimento ocorre só onde não há estações meteorológicas!

Temperaturas de hoje são muito semelhantes aos que foram no Canadá, em 1930.

E o recente aquecimento do Canadá está directamente relacionado com as flutuações no desenvolvimento da ENSO e Nino e Niña

http://www.esrl.noaa.gov/psd/people/klaus.wolter/MEI/

Vemos a clara ligação abaixo.

Finalmente, quero mostrar o gráfico com os dados históricos dos mais antigas  temperaturas medidas até agora, ou seja, os dados de temperatura do ar Central England e me diga se você vê algum aquecimento? Certo se você tomar a temperatura a partir de 1979, então você pode mostrar que, entre 1979 e 2002 houve um riscaldamneto global MAS  dados históricos mostram outra coisa.

Já falei varias vezes  como o   NOAA nos engana na contagem dos SN e áreas magnéticas do Sol, agora eu mostrei-lhe como enganam descaradamente também nas temperaturas globais.
Quando no final de 2009 eu disse que esses senhores teriam mesmo documentos falsos para demonstrar que o aquecimento global  existe, nunca imaginei que iria ver essas dicas e truques.
E esses enganadores  têm seus fiéis seguidores (incluindo sites de tempo …) que acreditam cegamente em todas as mentiras que servem para esses pseudo-cientistas.
E  a quem me fala só dos registro morno, sem indicar os registros de frio, diga-lhe para ir tomar banho de mar ainda que tornou-se ácido mesmo  como  dizem  os cientistas (?) do IPCC.

SAND-RIO

P.S. Desculpem sempre o meu portuguese, mas como já sabem quem me lé do inicio eu sou italiano e moro a pouco tempo no Brasil.

Tb escrevo em italiano no site

daltonsminima.altervista.org

Fonte: http://www.appinsys.com/GlobalWarming

Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: