O inicio da temporada de furacões chegou cedo.

Como já escrevi aqui:
https://sandcarioca.wordpress.com/2010/06/02/comeca-a-temporada-de-furacoes-no-atlantico-norte/
e aqui:
https://sandcarioca.wordpress.com/2010/05/06/il-freddo-di-questo-inverno-nell%C2%B4emisfero-nord-potra-avere-delle-ripercussioni-sulla-stagione-degli-uragani/
de um artigo di Joseph D´Aleo
a temporada de furacões chegou mais cedo este ano.
O primeiro furacão ALEX já investiu a costa mexicana.

TROPICAL previsão de tempo
NWS TPC / Centro Nacional de Furacões MIAMI FL
200 EDT PM QUA 30 de junho de 2010
Para o Atlântico Norte … do mar do Caribe eo Golfo do México …
O NHC sobre o furacão IS avisos de emissão
ALEX … localizado a cerca de 130 milhas ao sul-sudeste de Brownsville TEXAS.
Formação de ciclones tropicais, não é esperada durante as próximas 48 horas.


Total named storms (tropical storms & hurricanes)
as of given dates, and compared to normal.

Total hurricanes as of given dates, and compared to normal.

Como já havíamos escrito será um ano de furacões mais fortes, devido à diferença de temperatura entre o oceano Pacífico e Atlântico, com o fim do Niño e o começo da Niña.
https://sandcarioca.wordpress.com/2010/06/29/probabilidade-de-uma-nina-em-2010/
Tudo isso não tem nada a ver com o AGW (aquecimento global antropogenico) mas só com os ciclos naturais do clima.
O problema será que a igreja do aquecimento global será raivosa em todos os jornais e Tv’s contra os “ceticos”.
E também vamos ver o que acontece realmente com o petróleo no Golfo do México.
https://sandcarioca.wordpress.com/2010/06/09/concentracao-de-poluentes-e-ate-10-mil-vezes-maior-sob-a-superficie-do-golfo/
https://sandcarioca.wordpress.com/2010/06/01/o-que-acontece-se-um-furacao-atinge-a-mancha-de-oleo-no-golfo-do-mexico/

Imagem dos furacões do site:
http://www.weatherstreet.com/hurricane/2010/Hurricane-Atlantic-2010.htm
UPDATE1
O furacão Alex chegou na quarta-feira à costa nordeste do México com fortes chuvas e ventos de até 160 km/h que arrancaram telhados e obrigaram milhares de pessoas a abandonarem as suas casas.
Esta é a primeira tempestade da temporada no Oceano Atlântico e afetou principalmente o litoral e regiões mais baixas, segundo as autoridades.
De acordo com o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, Alex perdeu parte de sua força e desceu da categoria 2 para 1.
A expectativa é de que Alex continue a se deslocar rumo ao norte e que se dissipe nas próximas 24 a 36 horas.
As grandes ondas causadas pela tempestade também provocaram a interrupção de parte dos trabalhos de limpeza do vazamento de petróleo causado pela explosão de uma plataforma da BP no Golfo do México.
Embarcações que trabalhavam na contenção do vazamento foram obrigadas a voltar para seus portos por ordem da Guarda Costeira americana.

SAND-RIO

Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: